Gugelhupf

Que é como quem diz... Bolo austríaco de vinho quente.

IMG_20210503_071322.jpg

Não gosto de bebidas alcoólicas, nunca gostei. Mas, de vez em quando, compro uma garrafa para cozinhar algo que o exige. Depois, fica ali a garrafa a olhar para mim. Desta vez, lembrei-me de uma receita que fui ignorando ao longo dos anos mas cuja imagem me impressionava. A cor da cobertura era diferente, muito bonita. Vai ser agora e... Feito! Não bebo mas como-o e partilho convosco.

 

Ingredientes:

1/2 laranja e 1/2 limão

3 dl vinho tinto

50 g de açúcar

3 cravos-da-Índia

1 pau de canela

125 g de chocolate preto

375 g de manteiga

575 g de açúcar em pó

6 ovos

1 colher (sopa) de açúcar baunilhado

1 colher (sopa) fermento

1 1/2 colher (sopa) fécula de batata

350 de farinha sem glúten 

Avelãs ou Amêndoa palitada tostada para decorar

 

Preparação do vinho quente:

Retire uma camada fina de casca de laranja e de limão e esprema o sumo. 

Num tacho, ferva o vinho com o sumo e as cascas, o açúcar, os cravos e o pau de canela. Retire imediatamente do lume e deixe repousar tapado, pelo menos 3 horas. 

Derreta o chocolate e deixe arrefecer ligeiramente. Aqueça previamente o forno a 180°c.

Trabalhe a manteiga e 375 g de açúcar em pó até obter um creme. Adicione os ovos um a um, o miolo de baunilha, o açúcar baunilha do e o chocolate derretido. Ponha de lado 6 a 7 colheres de vinho quente para a cobertura e passe o resto por um coador e acrescente à massa. 

Misture o fermento, a fécula e a farinha e adicione à massa. Esta deve ficar com uma consistência fluida. 

Deite a massa numa forma untada e enfarinhada e leve ao forno por cerca de 60 minutos. Retire, deixe arrefecer ligeiramente e desenforme. 

Para a cobertura: dissolva o açúcar no vinho reservado. Cubra o bolo e polvilhe com avelãs ou amêndoas. 

IMG_20210503_071601.jpg

 

Fiz com farinha sem gluten (usei metade beiker e metade doves farm). Para quem não tem intolerâncias é só trocar por farinha normal.

Parece muito açúcar mas não é, não aconselho a reduzir. Fica um bolo grande, não coube na minha forma bundt. Ainda deu para fazer 5 queques.

A receita foi retirada e ajustada de um livro chamado "Chocolate" da Naumann & Gobel

 

publicado por Ameixinha às 07:15 | link do post | comentar | ver comentários (7) | partilhar