Domingo, 23.09.12

Couscous no Gerês


 

 

Há duas semanas fui convidada para fazer uma caminhada no Gerês e percorrer a fenda de Calcedonia. Tudo muito bem, até fazermos a fenda e sairmos na outra extremidade. Piorou quando viramos à esquerda em vez de irmos para a direita. Uma caminhada que durou 5 horas porque andamos perdidos na serra, pelo meio do mato, com medo dos bois que pastavam livremente no habitat natural deles, e a pensar no almoço que tinha ficado nos carros. Foram quilómetros e quilómetros a desejar o couscous e a rir desalmadamente porque chorar parecia mal, embora alguns tenham cedido à emoção. Finalmente, encontramos estrada e conseguimos almoçar às 4 da tarde. A verdade é que, com fome, tudo sabe melhor :)

 

Ingredientes:

Peito de um frango assado ou grelhado

1 colher (sopa) de manteiga

1 colher (sopa) de azeite

1 cebola pequena, picada

1 dente de alho, picado

1 1/4 chávena de caldo de galinha

1 casca de limão

1 1/2 chávena de ervilhas congeladas

1/2 chávena de milho congelado

1 chávena de couscous

2 colheres (sopa) de sumo de limão

2 colheres (sopa) de salsa, picada

sal e pimenta

 

Preparação:

Parta o peito do frango em pedacinhos. Reserve. Coza as ervilhas e o milho por alguns minutos.

Aqueça a manteiga e o azeite em lume médio. Adicione a cebola e o alho e deixe cozinhar por 1 minuto.

Adicione o caldo, junte a casca de limão, o couscous, as ervilhas, o milho e o frango. Mexa e cubra por cerca de 7 minutos.

Adicione o sumo de limão, sal e pimenta. Volte a mexer com um garfo. Divida por tigelas e sirva, quente ou à temperatura ambiente, com a salsa picada e zest de limão.

 

Receita baseada no blog Confessions of a Foodie Bride.

publicado por Ameixinha às 23:15 | link do post | comentar | ver comentários (21) | partilhar
Domingo, 09.10.11

Salada de atum, feijão e salsa


E este calor que não se vai embora? Pede mesmo uma saladinha, não? :)

Ingredientes:
425 g de feijão
170 g de atum
1 chávena de salsa picada
1/4 chávena de cebola vermelha

3 colheres (sopa) de azeite
2 colheres (sopa) de sumo de limão
pimenta preta e sal q.b.

Preparação:
Drene o feijão e seque com papel de cozinha. Junte os ingredientes do molho. Coloque o feijão numa tigela e junte o molho. Deixe-os marinar enquanto o atum drena, corte a salsa e pique a cebola. Adicione tudo ao feijão, misture gentilmente e sirva.

Notas:
Receita retirada do blog Kalyn´s Kitchen.
Usei feijão vermelho que cozi na panela de pressão. A autora sugere feijão branco enlatado.

Bom resto de Domingo e boa semana a todos!
tags:
publicado por Ameixinha às 21:00 | link do post | comentar | ver comentários (33) | partilhar
Quinta-feira, 01.09.11

Salada marinada de courgette e alcachofra


O Verão foi-se e já é Setembro. A única réstea da estação é um louva-a-Deus que resolveu pendurar-se na minha janela. Não sinto sequer a frescura do dia, porque abrir a janela está fora de questão e matar o bichinho também não faz parte dos meus malévolos planos :) O único plano que tenho para já, é bombardear o blog com as últimas receitas de courgettes e, ao ver o ficheiro das fotos, reparei que ainda restam algumas sugestões. Aqui vai uma delas, que lembra os dias longos e quentes da estação que se despede.

Ingredientes:
4-5 courgettes pequenas
1 frasco de corações de alcachofras, drenadas
1 frasco de azeitonas, drenadas
1 pimento vermelho ou verde, cortado em pedacinhos
1 cebola vermelha, picada

Molho:
1 chávena de azeite e vinagre
sumo de 1/2 limão
1/4 chávena de parmesão
1 colher (sopa) de manjericão seco ou 3 colheres (sopa) de manjericão fresco
1 colher (chá) de oregãos secos
queijo parmesão q.b.

Preparação:
Corte as courgettes em quartos (se forem grandes, retire as sementes e a maior parte da parte branca). Leve a cozer ao vapor até estarem tenras, cerca de 3 minutos, escorra muito bem.
Abra as azeitonas, alcachofras e coloque-as num coador para que drene bem. Corte os pimentos e a cebola em pedacinhos pequenos. Combine a courgette, azeitonas, alcachofras e pimento num recipiente. Coloque um pouco do molho por cima, até cobrir os legumes e mexa gentilmente.
Deixe a marinar no frigorífico por 4-8 horas. Se puder, mexa de vez em quando para envolver o molho. Antes de servir, mexa e adicione mais um pouco do molho. Sirva com mais parmesão.
Para o molho é só misturar bem todos os ingredientes.

Notas:
Receita retirada do blog Kalyn's Kitchen.
A autora refere um tempero já pronto de azeite e vinagre, eu fiz a minha mistura em casa e usei menos de 1 chávena.
publicado por Ameixinha às 11:56 | link do post | comentar | ver comentários (36) | partilhar
Quinta-feira, 26.05.11

Salada light de massa

Salada light

Sou das que sofrem com o calor, muito! Ele chega e anuncia-se a minha "quase morte". De Ameixa Seca passo a Ameixa Mirrada, Ameixa Murcha, Ameixa Morta. Não faço nada bem, não como bem, não durmo bem, não me sinto bem... resmungo muito comigo mesma. O gato padece com a minha má disposição porque, no calor, eu deixo de ter paciência para felinos que dormem muito de dia e passam as noites a querer andar na "cowboyada". Perdi a cabeça quando ele saltou para cima da escrivaninha de madrugada, dei-lhe uma sapatada e ele caiu redondo no cesto dos papéis. Fiquei sem saber se marquei 2 ou 3 pontos, mas não me orgulho deste afundanço :) Acho que ele saiu ileso, eu continuo aqui meia parada, sem vontade de quase nada, à espera de uma chuvarada para ver se fico mais animada ;)
Enquanto não chega e a fome não é muita, sobrevivo à base de saladas e esta, que vi no Panelaterapia, está completamente aprovada.

Ingredientes:
2 chávenas de massa curta integral
1/2 chávena de ervilhas frescas (usei congeladas)
1/2 chávena de milho
1 lata de atum em água
1 tomate picado
1/4 de cebola picada
2 colheres (sopa) de salsa
2 colheres (sopa) de nozes (opcional)
azeitonas picadas

Molho:
2 colheres (sopa) de azeite
3 colheres (sopa) de maionese light
1 colher (chá) de mostarda de Dijon
leite q.b. (não usei, coloquei um pouco da água da cozedura da massa)

Preparação:
Cozer a massa conforme as instruções da embalagem. Cozer as ervilhas e o milho, caso sejam congelados.
Preparar o molho, misturando todos os ingredientes. Depois da massa cozida, escorra e misture ao resto dos ingredientes. Envolva bem o molho na massa, tempere com sal e pimenta e sirva.

Miúdas, prometo estar fina no encontro da Invicta :) Digam é se sempre aparecem ou não, senão vou ficar mais que murcha, mirrada, morta!
Continuação de boa semana a todos.


publicado por Ameixinha às 14:05 | link do post | comentar | ver comentários (51) | partilhar
Sábado, 20.11.10

Couscous com romã e menta


Se comigo a Moira viesse jantar
Dava-lhe couscous para saborear.
A receita é simples mas requintada,
Assim como é a Moira encantada.
Vermelhos bagos da cor de rubi
Assim o Tertúlia homenageio aqui.
Venham mais anos de alegres cores,
E muitos pratos de marcantes Sabores.


Ingredientes:
500 gr de couscous (uso o biológico)
1 colher (sopa) de azeite
1 limão, zest e sumo
uma mão cheia de menta, cortada
bagos de 1 romã

Preparação:
Coloque o couscous, azeite e o limão numa panela e cubra-o com 600 ml de água a ferver. Cubra e deixe arrefecer completamente. Use um garfo para mexer o couscous e junte a menta e os bagos de romã. Sirva.

Notas:
Reduzi a receita para 125 gramas de couscous, usei 200 ml de água. Servi o couscous morno mas frio come-se muito bem. Depois de provar adicionei uma pitada de sal, apesar da receita não referir.
Vi a sugestão da receita no blog Mind Food, fica um prato festivo, muito bonito e bastante saboroso. O sumo das romãs mistura-se ao couscous quando trincamos os bagos e dá-lhe um contraste fabuloso.

Parabéns ao Tertúlia e à Moira, que merece todo o sucesso e todo o meu carinho!

Bom fim de semana a todos :)
publicado por Ameixinha às 00:01 | link do post | comentar | ver comentários (45) | partilhar
Segunda-feira, 27.09.10

Salada de couscous

Do México... com amizade :)
Foi de onde veio o livro da Marabout "Cocina Exprés", através do meu correspondente mexicano que tive o prazer de conhecer pessoalmente há uns meses atrás. É um livro ideal para quem quer refeições rápidas, fáceis e saborosas. Como nunca tinha provado couscous e, quando visitei a loja Beterraba no Algarve, tinha comprado uma embalagem de origem biológica, decidi experimentar esta sugestão. São 15 minutos a preparar e 5 de cocção, em pouco tempo podemos apreciar um delicioso prato de couscous.

Ingredientes da salada:

200 ml de caldo de galinha ou legumes
125 gr de couscous
1 colher (sopa) de manteiga
4 espargos de frasco, cortados
5 fatias finas de presunto serrano (usei salpicão), cortado em tiras
200 gr de queijo firme, Gouda Cheddar ou Edam (usei uma mistura para saladas)
1/4 de chávena de cebolinho picado finamente (usei manjericão)

Ingredientes do vinagrete (fiz metade):
9 colheres (sopa) de azeite
3 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco
1 colher (sopa) de mostarda Dijon
sal e pimenta

Preparação:
Numa caçarola ferva o caldo de galinha. Retire do lume e junte o couscous e a manteiga. Mexa bem e deixe assimilar o caldo durante 5 minutos até que o líquido seja absorvido por completo. Deixe arrefecer à temperatura ambiente.
Para o vinagrete, numa taça, junte o azeite com um pouco de sal e depois agregue o vinagre e a mostarda. Tempere com pimenta.
Para servir, coloque o couscous numa saladeira, depois os espargos, o presunto, o queijo e o cebolinho. Misture bem e sirva com o vinagrete à parte.

Sugestões:
É uma entrada para cerca de 4 pessoas. Se servir como prato principal, dá para cerca de duas pessoas.
Personalize a salada e ofereça outras guarnições em taças pequenas como: grão-de-bico, tomates e passas.

Servi com tomate-cereja da minha colheita particular. Abençoado passaroco que ali deixou cair as sementinhas :)
Boa semana a todos!
tags:
publicado por Ameixinha às 16:00 | link do post | comentar | ver comentários (59) | partilhar
Quarta-feira, 01.09.10

Salada de courgette e milho

Não foi desta que roubei maçarocas mas não pode faltar milho no congelador, especialmente para as saladas. Neste caso decidi juntar à salada umas espirais integrais para tornar a refeição mais completa. É o suficiente para comer nestes dias de calor, sem sentir grande culpa, até porque omiti as natas que a receita do blog Pulwig pedia, substituindo-as por um vinagrete de mostarda. Maionese light também fica muito bem :) Isto tem que ser tudo levezinho porque, depois de assistir ao novo programa de Tv dedicado a quem tem o sonho de ser manequim, sinto-me uma obesa ao pé daquelas miúdas esqueléticas e desengonçadas. No fundo, sinto-me boa comó milho ao pé delas. Milho... lá está ;) E o manjericão ainda vivia feliz e contente aqui em casa!

Ingredientes:
1 courgette
1 alho-francês
1 limão
1 colheres (sopa) de manteiga (podem usar azeite)
1 chávena de milho
1/2 chávena de manjericão
1/4 chávena de natas (usei vinagrete de mostarda)
pimento verde (juntei eu, só porque me apeteceu)

Preparação:
Lave o alho-francês debaixo de água corrente, cortando-o a meio na vertical. Seque e corte-o aos pedacinhos. Corte as pontas à courgette, corte ao meio na vertical e fatie. Pique o manjericão.
Derreta a manteiga e salteie o alho-francês até ficar translúcido e amolecido. Junte a courgette e o milho. Cozinhe cerca de 3 minutos ou até que o milho fique cozido. Adicione as natas, o manjericão e o sumo do limão.

Continuação de boa semana!
publicado por Ameixinha às 14:00 | link do post | comentar | ver comentários (47) | partilhar
Segunda-feira, 16.08.10

Courgette grelhada com vinagrete de limão


Inspirei-me numa receita que vi no blog For the love of cooking. Para ser sincera queria fazer a receita tal e qual, mas faltaram-me alguns ingredientes :) Omiti uns e adicionei outros, acabou por resultar muito bem.

Para o vinagrete de limão:
1 colher (sopa) de azeite
1/2 colher (sopa) de mostarda Dijon
1/2 limão, sumo e zest
Sal e pimenta preta moída na hora, para temperar

Misture todos os ingredientes numa pequena tigela. Prove e volte a temperar, caso seja necessário.

Para as courgettes:
2 courgettes, partidas em quatro verticalmente
1 colher (sopa) de azeite (usei azeite aromatizado Casa do Sal)
sal e pimenta preta, para temperar
1 collher (sopa) de pinhões tostados (usei nozes)
1 colher (sopa) de queijo feta magro (substituí por azeitonas, tem tudo a ver he he)
1 colher (sopa) de manjericão (o meu foi "matado" por bichos implacáveis!)

Misture a courgette com o azeite, tempere com sal e pimenta e grelhe de um lado até as marcas do grelhador aparecerem, cerca de 2 minutos. Vire e grelhe por mais 1-2 minutos. Corte cada tira de courgette ao meio na horizontal.
Ponha o vinagrete por cima das courgettes, junte as nozes, o queijo (azeitonas) e o manjericão (se usarem) e misture gentilmente. Sirva morno.



Esqueci-me de temperar a courgette antes de a levar a grelhar porque o azeite aromatizado já tem sal e ervas aromáticas. No final, polvilhei um bocadinho de Flor de Sal da Ria Formosa por cima da salada.

Continuação de boa semana a todos. Diz que na Quarta dá chuva para estes lados, mal posso esperar! Entretanto, as saladas continuam a aparecer por aqui :)
publicado por Ameixinha às 20:52 | link do post | comentar | ver comentários (48) | partilhar
Quarta-feira, 04.08.10

Salada de milho e tomate


Embora alguns insistam que não são galinhas para comer milho, eu confesso que é um dos meus ingredientes favoritos, especialmente nas saladas. Mas esta, tal como a autora do Food Gal diz, é a salada de milho que arrasa com todas as outras saladas de milho. Acho que um dos motivos é pelo uso do vinagre balsâmico. Tive que fazer algumas substituições por falta de ingredientes e ficou melhor do que esperava. Ainda gostava de encontrar maçarocas de milho à venda, vejo tanto milho a crescer aqui à volta da aldeia que já pensei em sacar algumas, mas são devaneios que me passam depressa :) Prefiro usar milho congelado do que ser apanhada de maçaroca na mão, salvo seja :)

Ingredientes:
4 orelhas de milho (usei 2 chávenas de milho congelado)
2 colheres (sopa) de azeite
2 dentes de alho picados
1 1/2 colher (sopa) de vinagre balsâmico
450 g de tomate cereja em metades (usei tomate chucha)
1/2 chávena de cebolinho cortado (usei manjericão)
cogumelos (opcional)

Preparação:
Aqueça o azeite numa frigideira em lume moderado e salteie o milho e os cogumelos (se usar) com sal e pimenta, mexendo até estar incorporado, cerca de 4 minutos. Junte o alho, salteie mexendo por 1 minuto. Junte o vinagre e cozinhe, mexendo por 1 minuto até estar quase evaporado. Junte os tomates, mexendo gentilmente, por 1 minuto.
Remova do lume e adicione o cebolinho. Transfira para um prato de servir, deixe arrefecer e tempere com sal e pimenta.

É uma salada que usei como acompanhamento, mas achei que cozendo massa e envolvendo neste preparado, pode muito bem constituir uma refeição completa :)

Bom resto de semana!
tags:
publicado por Ameixinha às 11:31 | link do post | comentar | ver comentários (48) | partilhar
Quarta-feira, 28.07.10

Salada de arroz integral com atum


É sempre assim, a verdade está lá mas não queremos admitir. Só quando levamos um choque é que a ficha parece cair. Fiz cinco anos de Psicologia e só agora descobri que sofro de depressão sazonal. Verdade, verdadinha! Mas no meu caso, manifesta-se a partir dos 30ºC. Os sintomas são evidentes: cansaço, tristeza, letargia, mau-humor, dormir mal, perda de apetite, etc.
Eu estou mesmo tão desanimada, desassossegada, alucinada, destrambelhada, enjoada, irritada, atabalhoada, incapacitada e quase mijada que não me lembro bem de onde raio retirei a receita desta salada.

O calor justifica a matança de neurónios, logo surge a perda de memória mas não é só isso; fiz esta salada no início do mês - dia 5 mais precisamente porque a data fica gravada na pasta do computador onde guardo as fotos, senão nunca me recordaria! - e a idade já não perdoa.

Quando comecei a preparar mais uma postagem, abri as fotos e resolvi escolher a primeira salada que me aparecesse - ultimamente tenho feito algumas, porque é a única coisa que apetece comer - e surgiu esta. Só depois é que me apercebi que não sabia bem de onde tinha retirado a receita e comecei a rir-me sozinha (afinal acho que se calhar não é depressão, isto é mais bipolaridade!). Procurei nos livros, no caderno de receitas e lembrei-me que é apenas uma variação desta que fiz o ano passado, modificando apenas alguns ingredientes. Ficou ainda melhor porque do sabor eu lembro-me bem ;) Atum é muito mais a minha onda do que salsicha (sem segundos sentidos fáxavor, que a depressão também diminuiu o desejo e função sexual!).

Ingredientes:
Arroz cozido q.b. (usei integral)
Tomate sem pele e sementes, cortado aos cubos
1 cenoura ralada
1 pimento vermelho
1 chávena de milho cozido
1 lata de atum

Molho:
3 colheres (sopa) de azeite
1 dente de alho picado
1 colher (sopa) de vinagre balsâmico
1 colher (sopa) de mostarda Dijon
Sal e pimenta a gosto
Folhas de manjericão q.b.

Misture todos os ingredientes da salada e todos os ingredientes do molho separadamente. Depois regue a salada com o molho envolva. Coloque no frigorífico por alguns minutos antes de servir.

Passa da uma e meia da madrugada e já sei que não vai ser fácil conseguir adormecer, se fosse, eu já dormia há muito. Tem sido complicado aguentar o calor. É que nem consigo sonhar com o Gerard Butler nem com o Zé da esquina :) Nadinha de nada!

Boa semana a todos!
tags: ,
publicado por Ameixinha às 01:33 | link do post | comentar | ver comentários (52) | partilhar

mais sobre mim

a possuída moída

Sobrevivo numa selva de hipocrisia, burocracia e cegueira de quem não quer ver. Prefiro não me lembrar da crise de valores que vivemos, mesmo sendo quase impossível esquecer-me disso. Cozinho e como com prazer, mesmo que alguma culpa surja depois. Gosto de andar a pé sozinha, viajar de comboio com um livro na carteira, dizer "Bom dia" com convicção e a sorrir. Ajudar quem precisa é o que me permito fazer sem pensar duas vezes, embora haja muita gente mal-agradecida. Sou adepta da boa disposição, da humanidade e respeito nos serviços de saúde e educação, acredito na capacidade de generosidade e bondade das pessoas que me rodeiam. Entristece-me que, nem sempre, essas capacidades sejam canalizadas quando deveriam. Não gosto das vizinhas coscuvilheiras e de pessoas mal educadas, prepotentes e ocas. Os meus olhos transmitem tudo o resto de mim e são cor da canela. Amo a Fauna e a Flora. Adoro o Outono e as folhas que caem. Não vejo qualquer utilidade em peluches. E a única coisa que é afrodisíaca é o amor.

pesquisar neste blog

 

posts recentes

Posts mais comentados

aqui acontece

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

arquivos

tags

links

subscrever feeds

quantos por cá passaram...