Sexta-feira, 16.07.10

Bolo de figos secos com toffee

Só depois de ter máquina fotográfica é que consegui tirar foto ao cesto de produtos algarvios que trouxe comigo, aquando da minha viagem ao Algarve. Aguentei-me bem e só comi os biscoitos de alfarroba. Conhecer o Sotavento Algarvio e trazer esta cesta comigo, só me foi possível graças à simpatia e generosidade da Margarida que se lembrou de mim, aqui desterrada nesta aldeia manhosa :)
A Margarida é dona e gerente do Figo Lampo e foi com os figos algarvios que eu preparei este bolo para homenagear tão excelente blog neste seu segundo aniversário. Queria figos frescos, lampos de preferência, mas nem tudo que queremos é possível, daí usar os secos que muito me agradam. Espero que gostem. O molho toffee faz a diferença :)

Ingredientes:
200 g de figos secos
3 dl de água
150 g de açúcar amarelo
60 g de margarina/manteiga
3 ovos
150 g de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó

Para o molho toffee:
130 g de açúcar amarelo
2 dl de natas
30 g de margarina/manteiga

Preparação:
Ligue o forno e regule-o para 180ºC.
Tire o pedúnculo aos figos secos e coloque-os no robô de cozinha (o meu robô é a varinha mágica). Junte a água a ferver e triture tudo. Adicione o açúcar amarelo e a margarina. Ligue de novo o robô e misture bem.
Junte os ovos, a farinha e o fermento e volte a accionar o robô até ligar todos os ingredientes e obter uma massa lisa e cremosa.
Deite o preparado numa forma de mola com cerca de 22 cm de diâmetro, previamente untada com margarina (usei uma forma de 18cm de diâmetro sem ser de mola e forrei-a a papel vegetal sem untar). Leve a cozer no forno durante cerca de 30 minutos.
Entretanto misture o açúcar com as natas, leve ao lume e deixe ferver um pouco, mexendo com uma vara de arames. Retire do lume e adicione a margarina cortada em pedaços, mexendo com uma vara de arames até dissolver. Deixe arrefecer, mexendo de vez em quando com a vara de arames.
Retire o bolo do forno e deixe-o arrefecer dentro da forma. Quando estiver quase frio cubra com parte do molho preparado.
Deixe arrefecer completamente, retire o aro da forma e coloque o bolo no prato de serviço. Sirva o restante molho à parte numa taça.



A receita foi retirada daqui e num dos comentários dizia que era muito doce. Diminuí o açúcar do bolo para 100 g e só fiz metade do molho, chegou perfeitamente.
Fica com uma consistência tipo queijada e isso, para mim, é sempre um ponto a favor :)

Bom fim de semana para quem fica e até daqui a pouco para quem vai ao encontro he he
publicado por Ameixinha às 00:00 | link do post | comentar | ver comentários (53) | partilhar
Sexta-feira, 15.01.10

Bolo de limão com cranberries


Tinha uma foto do bolo saído do forno, completo, sem estar ainda cortado. Mas não gostei dela, portanto imaginem um bolo em forma de bolo inglês he he Não é difícil e o mais importante e mais bonito surge só depois de o cortar. Portanto, aqui está ele, a acompanhar uma chávena de chá verde quentinho :)

Foi um dos bolos que mais gostei até hoje, do género fofo e leve, com apontamentos de arandos aqui e ali para valorizar ainda mais o lanche ou o pequeno-almoço! Só para quem é adorador oficial do aroma e sabor do limão :) A receita foi retirada daqui.

Ingredientes:
2/3 chávena de manteiga amolecida
1 1/2 chávena de açúcar (usei 1 chávena)
3 colheres (sopa) de sumo de limão
1 colheres (sopa) de zest de limão
4 ovos
1/4 colher (chá) de extracto de baunilha
3 chávenas de farinha (usei 2 de farinha normal e 1 de farinha integral)
2 colheres (chá) de fermento em pó
2 colheres (chá) de sal
1 chávena de leite
2 chávenas de cranberries/arandos secas ou framboesas, amoras ou mirtilos frescos ou congelados

Cobertura:
1/2 chávena de açúcar em pó
1/2 chávena de sumo de limão

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180º C. Unte duas formas de bolo inglês com óleo vegetal.
Numa tigela, junte e bata a manteiga com o açúcar até estar cremoso. Junte o sumo de limão, zest, os ovos e a baunilha até estar misturado.
Noutra tigela, junte a farinha, fermento e o sal. Alternadamente, junte o leite e a mistura de ovos, batendo só até estar envolvido depois de cada adição. Junte as cranberries/arandos e envolva.
Divida a massa pelas formas e leve ao forno por 30 a 40 minutos.

Numa tigela pequena combine os ingredientes da cobertura. Coloque por cima dos bolos quentes e deixe arrefecer antes de os tirar das formas. Caso os queira guardar, embrulhe-os bem.


Notas:
Fiz apenas numa forma de inglês média e chegou.
A autora da receita não usou cranberries nem qualquer um dos outros frutos. Quem não gostar, tem essa opção. Com a cobertura, a mesma coisa. Ela acaba por dar um sabor a limão ainda mais acentuado e, para alguns, poderá ser limão a mais :)
Acho que também deve ficar muito bom se o limão for substituído pela laranja, para quem preferir.
Este é para repetir, se possível, para experimentar todos os outros frutos sugeridos.


Obrigada às blogueiras que me presentearam com o selinho sunshine. Já está na galeria de selinhos, no fundo do blog.
Mais uma vez, obrigada pelo carinho :)

Já agora, e para finalizar, aproveitem para votar no desafio do blog Bagunça na Cozinha, os meus brownies de mascarpone ainda estão lá à espera de quem ainda não votou! Isto está mau para estes lados, tenho mesmo que fazer propaganda para ganhar livros :)
publicado por Ameixinha às 10:00 | link do post | comentar | ver comentários (65) | partilhar

mais sobre mim

a possuída moída

Sobrevivo numa selva de hipocrisia, burocracia e cegueira de quem não quer ver. Prefiro não me lembrar da crise de valores que vivemos, mesmo sendo quase impossível esquecer-me disso. Cozinho e como com prazer, mesmo que alguma culpa surja depois. Gosto de andar a pé sozinha, viajar de comboio com um livro na carteira, dizer "Bom dia" com convicção e a sorrir. Ajudar quem precisa é o que me permito fazer sem pensar duas vezes, embora haja muita gente mal-agradecida. Sou adepta da boa disposição, da humanidade e respeito nos serviços de saúde e educação, acredito na capacidade de generosidade e bondade das pessoas que me rodeiam. Entristece-me que, nem sempre, essas capacidades sejam canalizadas quando deveriam. Não gosto das vizinhas coscuvilheiras e de pessoas mal educadas, prepotentes e ocas. Os meus olhos transmitem tudo o resto de mim e são cor da canela. Amo a Fauna e a Flora. Adoro o Outono e as folhas que caem. Não vejo qualquer utilidade em peluches. E a única coisa que é afrodisíaca é o amor.

pesquisar neste blog

 

posts recentes

Posts mais comentados

aqui acontece

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

arquivos

tags

links

subscrever feeds

quantos por cá passaram...