Sexta-feira, 31.03.17

Marmelos assados

marmelos assados.jpg

Olá gente amiga :)

Hoje há marmelos, marmelos bons! Marmelos da Tessa Kiros... calma, menos! Marmelos à moda dela.

Tudo começou depois de uma visita à Serra da Estrela em novembro do ano passado. Organizadas bem as coisas, achamos que na segunda semana desse mês já haveria neve na serra.

Lá fomos nós, nove pessoas divididas por dois carros, a caminho de um fim de semana na serra, preparadinhos para o frio, roupinha quentinha, alguma comida para o caminho e boa disposição.

Chegamos a Seia com o estômago a roncar, decidimos comer chanfana, estava boa, apesar de ser mal-servida e do atendimento ter sido péssimo. Decidimos nem pedir café nem sobremesa. Para isso fomos a uma pastelaria, pela qual tinhamos passado em frente aquando da deslocação para o almoço. E porquê? Porque quando passei cheirou-me a canela :) O meu nariz não engana e, não só o nome era lindo, como o atendimento, os bolos e o ambiente eram muito agradáveis.

Depois, foi sempre a subir até à torre. Neve? Nada, zero, nenhuma. Frio e vento? Sempre, claro! Aproveitei para comprar meias e pantufas :) Outros atacaram queijos e presuntos.

Toca a descer em direção à Covilhã, porque o nosso hotel ficava no Fundão. O Alambique de ouro, de seu nome, hotel resort de 4 estrelas, com um restaurante premiado, do mesmo nome. Tanto o hotel como o restaurante têm um atendimento maravilhoso, todos muito simpáticos e atenciosos. A comida é saborosa, muito bem servida, só de entradas foi uma farturinha.

Enchi o papo, consciente de que sofreria as consequências da contaminação de glúten. Ainda houve barriga para a sobremesa. A carta era extensa, estava pronta para a minha sobremesa favorita, maçã assada, mas ouvi dizer "marmelo assado" e teve que ser. Estava agradável, mas nada de muito extraordinário que me levasse a pedi-lo mais vezes. Foi nessa hora que achei que eu conseguia fazer muito melhor. Fiz! 

E o resto do serão passei-o agarrada à barriga. Bem feita que é para aprenderes a não ser lambona!

Deixo-vos os marmelos que fiz, uma delícia, muito melhores do que alguma vez imaginei.

 

Ingredientes:

3 colheres (sopa) de uvas passas

4 colheres (sopa) de brandy - usei vinho do porto

4 marmelos

3 colheres (sopa) de nozes, partidas aos pedacinhos

1 colher (chá) de canela moída

100g de açucar amarelo (diminuí para metade)

40 g de manteiga

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180°C. Coloque as passas a macerar com o vinho do porto/brandy.

Corte os marmelos ao meio, deixe a pele e descaroce-os. Coloque num prato/travessa de ir ao forno onde caibam todos ao lado uns dos outros, numa só camada. Coloque as passas no centro de cada metade e salpique o brandy/vinho do porto por cima. Divida as nozes, o açúcar, canela e manteiga pelas metades de marmelos. Junte 250ml de água no prato e cubra com papel de alumínio. Asse por 2 horas, adicionando água conforme for necessário a meio do tempo. Os marmelos devem ficar moles mas sem se desfazer, dourados e com um molho espesso. Sirva morno.

 

A foto está desfocada porque foi tirada com o telemóvel e porque não sei o que fiz às outras fotos! Perdão pela preguiça.

Bom fim de semana ;)

publicado por Ameixinha às 22:11 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar
Domingo, 11.10.15

Bolo de maçã com cobertura

30-08 027.jpg

O Verão terminou com um  gafanhoto a saltar para cima de mim. E eu, no meio da rua a sacudir a saia, qual dançarina de flamenco! Finalmente o outono chegou com tantas coisas boas, tantas cores lindas, tantos aconchegos. Do doce de figo, ao doce de abóbora com coco, este domingo termina com bolo... porque a chuva, pede sempre bolo! Adios, gafanhotos! Olé!

 

Ingredientes:

100 g de açúcar

150 g de manteiga amolecida

2 ovos

100 g de farinha sem glúten mix B Schar

1 colher (chá) de bicarbonato

1 colher (chá) de fermento

1/2 colher (chá) de canela moída

400 g de maçãs, descascadas e raspadas grosseiramente

60 g de nozes partidas (não usei)

1 colher (chá) de extracto de baunilha

 

Cobertura:

60 g de nozes (usei pinhões)

40 g de açúcar amarelo

 

Preparação:

Pré-aqueça  o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma redonda ou rectangular.

Bata o açúcar com  a manteiga até ficar fofo. Adicione os ovos e bata bem. Peneire a farinha, bicarbonato, fermento e canela juntamente com uma pitada de sal. Misture bem. Adicione as maçãs, nozes e baunilha e envolva bem. Coloque a mistura na forma.

Para a cobertura, misture as nozes com o açúcar e canela, e distribua de forma abundante por cima do bolo. Leve ao forno por cerca de 45 minutos, ou até que um palito espetado no centro, saia limpo.

Deixe arrefecer ligeiramente antes de desenformar. Sirva morno ou à temperatura ambiente.

 

Receita adaptada do livro "apples for jam" da Tessa Kiros.

publicado por Ameixinha às 19:58 | link do post | comentar | ver comentários (7) | partilhar
Segunda-feira, 03.08.15

Tarte de queijo quark com maçã

tarte quark maça.jpg

Há fartura de fruta e, entre compotas e conservas, fazem-se sobremesas para aproveitar o máximo da estação :)

 

Massa quebrada:

220 g de farinha sem glúten

1/2 colher (chá) de psilio

60 g de açúcar

1 pitada de sal

90 g de manteiga

1 ovo, 1 gema de ovo

 

Recheio:

500 g de queijo quark

5 colheres (sopa) de açúcar

1 pitada de sal

2 ovos

sumo e casca ralada de 1 limão

1 colher (sopa) de amido de milho

6-7 maçãs

 

Preparação:

- Para a massa quebrada, deite e misture numa tigela a farinha, o psílio, açúcar e sal. Adicione a manteiga cortada aos cubinhos, o ovo e a gema e amasse. Forme uma bola, envolva-a em película aderente e leve ao frigorífico durante 1 hora.

- Estenda a massa entre duas camadas de película aderente. Forre uma forma redonda de base amovível com papel vegetal. Deite a massa na forma, cobrindo o fundo e os bordos. Leve a forma novamente ao frio.

- Para o recheio, mexa bem o queijo com o açúcar, sal, amido, a casca e sumo de limão. Separe os ovos e incorpore as gemas na massa. Bata as claras em castelo e incorpore também.

Pré-aqueça o forno a 200ºc. Descasque as maçãs e retire o caroço. Corte-as em fatias e distribua sobre a massa. Verta a mistura de queijo por cima. Leve a cozer durante 50-55 minutos. Deixe arrefecer na forma.

 

publicado por Ameixinha às 10:40 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar
Domingo, 07.06.15

Brownie de abacate

3-3 027.jpg

Serei, provavelmente, trucidada por referir-me a estes quadradinhos como brownie, mas são-no, de facto, para mim. Já fiz alguns brownies, com glúten, sem glúten, provei outros tantos feitos por outras pessoas e comprei alguns para provar. Este brownie que fiz, tem todos os ingredientes para não ser considerado como tal, mas sabe-me a brownie. Sem manteiga, sem trigo, sem chocolate. Bom, muito bom e o abacate continua a ser um grande aliado nestas empreitadas. Estou convencida pelo abacate e pelo óleo de coco. Para quem, ainda assim, acha que isto é tudo menos brownie e nem se atreve a dar uma dentada, não sabem o que perdem :) Bom, very good!

 

Ingredientes (baked by an introvert):

3/4 chávena de farinha sem glúten

1/3 xhávena de cacau

1/2 colher (chá) de bicarbonato

1/4 colher (chá) de sal

1/3 chávena de óleo de coco, derretido e arrefecido

1/2 chávena de abacate amassado

1/3 chávena de açúcar amarelo + 1/4 chávena de açúcar branco

1 ovo, temperatura ambiente

1 colher (chá) extracto de baunilha

 

Preparação:

Pré aqueça o forno a 180ºC. Prepare um tabuleiro quadrado e forre com papel vegetal.

Peneire a farinha, cacau, bicarbonato e sal. Reserve.

Bata o óleo, abacate e os açúcares. Junte o ovo e a baunilha. Envolva a mistura de farinha, um pouco de cada vez. Misture delicadamente e leve ao forno por cerca de 20 minutos ou até que um palito saia húmido do centro. Deixe arrefecer na forma antes de retirar e cortar em quadrados.

 

Bom domingo!

publicado por Ameixinha às 12:56 | link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar
Quinta-feira, 16.04.15

Sorvete de morango

sorvet morango.jpg

As mudanças continuam. Uma das mais importantes e mais esperadas - pela maioria da humanidade - é  a primavera. Felizmente, a alergia ao pólen está controlada. Este ano os comprimidos estão a resultar. Abençoada medicina :) Não sou propriamente fã desta época do ano. Já tive que correr para o outro lado da rua à conta de um singelo gafanhoto que quis atravessar o meu caminho. Mas também há coisas que me emocionam: os campos floridos, as roupas leves, os piqueniques com amigos, o aroma doce das frutas, os gelados ;)

Um amigo deu-me morangos maduros, que tive de escolher dado o seu grau de madureza avançado e quase ultrapassado. Aproveitei e peguei num livro da Tessa Kiros, que folheei do início ao fim e encontrei uma receita marcada. De um lado da folha estavam os biscoitos de chocolate e arandos que faço muitas vezes, e do outro estava um sorvete de morango que nunca tinha experimentado. Vamos a isso! E já está. Primavera no palato.

 

Sorvete de morango, de "apples for jam" from Tessa Kiros:

500g de morangos amadurecidos

180 g de açúcar

Sumo de meio limão

1 tira de casca de limão

4 colheres (sopa) de leite sem lactose

 

Preparação:

Faça os morangos em puré num processador e coloque-os num recipiente com tampa.

Leve o açúcar, sumo e casca de limão a ferver com 375 ml de água fria. Deixe cozinhar, mexendo, até que o açúcar se dissolva completamente. Retire do fogo e deixe arrefecer por cerca de 10 minutos.

Retire a casca de limão e envolva o xarope de açúcar no puré de morangos. Adicione o leite, misture  bem e coloque no frigorífico para arrefecer. Posteriormente, coloque no congelador e bata para quebrar os cristais de hora a hora até que o sorvete esteja quase firme. Em alternativa pode usar a máquina de gelados seguindo as instruções do fabricante.

 

publicado por Ameixinha às 10:54 | link do post | comentar | ver comentários (5) | partilhar
Domingo, 03.08.14

Panquecas de banana

 

Todos se queixam da chuva a meio do Verão. Chuva em Agosto? Que desgraça!

Não acho, não concordo, mas nunca fui das pessoas que fazem muito sentido :)

Diferente é bom, inesperado é ótimo, estranho é engraçado. Sou eu!

Aproveito os dias assim, menos quentes, para aquecer a alma. Chá e panquecas, sempre fazem sentido, faça chuva ou faça sol.

É tão fácil colorir os dias mais cinzentos. Experimentem usar o coração para ver beleza, vão encontrá-la em todos os cantos, mesmo em pequenas partículas, como as gotas de chuva ;)



 

 

Ingredientes:

1 banana madura

1 ovo

1 colher (sopa) de açúcar

1 colher (chá) de canela moída

1 chávena de leite sem lactose

1/2 chávena de farinha de arroz

1/2 chávena de farinha doves farm self-raising*

1 colher (chá) de fermento

 

Preparação:

Amasse a banana, junte o ovo, o açúcar e a canela e mexa bem. Adicione o leite e, depois, a farinha junta com o fermento. Envolva e deite uma porção numa frigideira quente, vire e deixe mais um minuto. Retire e sirva com compota de fruta ou maple syrup.

 

Receita retirada do site ww.food.com

*ou usem apenas farinha de arroz

publicado por Ameixinha às 21:31 | link do post | comentar | ver comentários (6) | partilhar
Terça-feira, 24.06.14

Queques werther´s

 

Estão uns dias mesmo como eu gosto, um friozinho na espinha, uma vontade de ligar o forno, terra molhada, cheiro de outono e sabor a caramelo e chocolate. Diz que é verão :)

Pegando no desafio que me foi feito pela Werther´s, juntei o que mais gosto e o que menos aprecio. Os caramelos foram desembrulhados com esperança no olhar e água na boca. Às vezes temos que fazer algo que nunca experimentamos, e resisti à tentação de levar à boca os rectângulos de nata. Caramelos são a minha praia e bananas, infelizmente, também. Vivo rodeada deles, uns mais caramelos que outros, uns menos ou mais bananas. Tomara eu conseguir pegar nesses, esmagá-los e juntá-los a chocolate. De certeza que o mundo seria um lugar bem melhor, se caramelos e bananas existissem apenas nuns queques e fossem empurrados com chá. Ahhh!


 

Ingredientes:

3 bananas muito maduras

125 ml de óleo vegetal

2 ovos

200 g de farinha Mix B Schar

100 g de açúcar em pó

1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1 colher (chá) de fermento

75 g de pedaços de caramelos moles Werther´s Original

75 g de chocolate negro

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 200ºC e forre um tabuleiro para queques com 12 forminhas de papel.

Amasse as bananas e reserve durante algum tempo.

Verta o óleo para uma taça e bata com os ovos.

Deite a farinha, açúcar, bicarbonato e fermento numa taçae junte a mistura de ovos e óleo, seguida pelas bananas esmagadas.

Incorpore os pedaços de caramelo e chocolate e divida a mistura pelas forminhas. Coza durante 20 minutos.

Rende cerca de 12 queques.

 

Receita adaptada do livro "Na Cozinha com Nigella".

 

publicado por Ameixinha às 15:28 | link do post | comentar | ver comentários (9) | partilhar
Domingo, 08.06.14

Sobremesa gelada de morangos

 

 




Dizem por aí os entendidos que, muito em breve, vamos ter tanto calor que vamos desejar - eu sei que vou - dias de inverno rigoroso. 

Em jeito de preparação, deixo-vos uma receita fresquinha com uma cobertura extraordinária, apropriada para enfrentar dias abafados. 

É época de morangos e tenho visto muita gente a colher os pequenos frutos sumarentos dos seus canteiros. Infelizmente, os morangos aqui de casa não são em grande quantidade e tamanho, por isso usei morangos de compra.

Imagino esta sobremesa com outras bagas e até, loucura, com uma mistura de frutos do bosque. Um bosque fresco e acolhedor.

Já estou a stressar com o calor que ainda nem chegou. Já me sinto asfixiada pelo bafo morno, pelos pólens no ar, pelos insectos malucos a esvoaçar à minha frente e por gente que desconhece o uso de desodorizante. Humm, pelo menos vou poder dar uso à cambada de vestidos e saias que repousam no armário. Stressada, mal humorada mas bem vestida, ou despida... já nem sei :)

 

Boa semana!




 

 

Ingredientes:

1 chávena de farinha de arroz

1/4 chávena de açúcar amarelo

1/4 chávena de nozes partidas

1/2 chávena de manteiga derretida

 

2 claras de ovo

1/2 chávena de açúcar

1 1/4 chávena de natas

2 colheres (sopa) de sumo de limão

2 chávenas de morangos cortados e esmagados

 

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Junte a farinha, açúcar, nozes e manteiga e espalhe bem numa forma. Leve ao forno para dourar, cerca de 20 minutos. Mexa algumas vezes. Deixe arrefecer.

Bata as claras com o açúcar até ficar merengue.

Bata as natas até formar picos suaves.

Combine as natas com as claras, sumo de limão e os morangos.

Prepare uma forma e espalhe 2/3 da cobertura na base. Coloque a mistura de natas por cima e salpique a superfície com a restante cobertura. Leve a congelar por cerca de 3 a 6 horas. Retire 15 minutos antes de servir.

 

Receita adaptada do blog She wears many hats.

publicado por Ameixinha às 23:32 | link do post | comentar | ver comentários (10) | partilhar
Quinta-feira, 23.01.14

Compota de kiwi e maçã


O melhor da abundância é que podemos conservar o excesso em frascos bem fechados, para saborear em tardes geladas, barrado numa torrada fumegante a acompanhar chá vindo da aromática Turquia.

Ainda há pouco abri o último frasco de doce de figo que fiz no final do Verão, e já tenho doce para os próximos meses. Ainda não consegui fazer um dos meus favoritos, doce de abóbora com coco ou com nozes. Mas tenho prometida uma menina que, se estiver tão boa por dentro, como parece por fora, vai levar-me a algumas horas em frente ao fogão. Um prazer, portanto!

Por falar em aparências, pode parecer que não tenho cozinhado nada, mas tenho cozinhado muito, que remédio :) A meteorologia é que não tem andado nada famosa para as fotografias, e a preguiça de actualizar o blog também não. Está muito frio, mexo-me apenas o essencial para não perder energias. Sou uma grande ursa, é o que é! Se pudesse, também hibernava.

 

Compota de kiwi e maçã

(inspirada no blog Ma Niche)

 

1 kg de kiwis biológicos

2 maçãs reinetas

500 gr de açúcar

sumo de meio limão

 

Preparação:

Descasque e corte os kiwis e as maçãs em pedacinhos, junte o açúcar e o sumo de limão.

Leve a ferver num tacho de fundo espesso, mexendo ocasionalmente, até obter ponto de estrada. Guarde em frascos esterilizados.

 

sinto-me:
publicado por Ameixinha às 22:01 | link do post | comentar | ver comentários (16) | partilhar
Terça-feira, 10.12.13

Bitter marmelade chocolate loaf

Qué como quem diz: bolo de chocolate e compota de laranja :) 

Decidi-me a gastar aquele frasco de compota de laranja amarga que não me passou na goela porque, vamos combinar, para amarga já bastam algumas cenas da minha vida. Eu quero é doce, chocolate, açúcar, ou seja, tudo o que faz mal mas sabe bem. 

Com alguma precaução, comecei a fazer uma receita que encontrei no livro "The chocolate and coffee bible" e que pede uma quantidade razoável da dita marmelada de laranja. O resultado surpreendeu, até porque adaptei a receita para servir uma dieta sem glúten e, o bolo foi ficando melhor no dia seguinte. Escusado será dizer que o recheio/cobertura é que dão a humidade a este bolo. Uma receita que vou repetir, para acabar de vez com aquele frasco manhoso que olha para mim de cada vez que abro o frigorífico. Vai ter que ser para breve, porque tenho receio de dar uma de Alexander Fleming e vir a descobrir um novo antibiótico na porta do meu frigorífico :)

 


 

Bolo:

 115 g de chocolate semi-amargo

3 ovos

200 g de açúcar

175 ml de natas azedas*

180 g de farinha schar (ou 200 g de farinha normal para bolos)

 

Recheio e cobertura:

175 g de marmelada de laranja /compota de laranja

115 g de chocolate semi-amargo

60 ml de natas azedas

casca de laranja, para decorar, opcional

 

Preparação:

 

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma de bolo inglês.

Parta e derreta o chocolate.

Misture os ovos com o açúcar e bata até ficar espesso e cremoso, junte as natas azedas e o chocolate.

Junte a farinha e misture usando uma colher de metal.

Coloque a mistura na forma e coza durante 1 hora ou até que um palito inserido no meio do bolo saia limpo. Deixe arrefecer por alguns minutos na forma, desenforme e deixe arrefecer totalmente.

Faça a cobertura. Derreta dois terços da marmelada de laranja em lume brando. Parta e derreta o chocolate, junte à marmelada com as natas**.

Parta o bolo em duas ou três camadas, recheie com a marmelada, monte o bolo e cubra-o com o restante da cobertura. Deixe assentar e sirva depois de frio.

 

*Para obter natas azedas, junte 1 colher (sopa) de sumo de limão a 200 ml de natas e deixe repousar por 10 minutos antes de usar.

**Como a minha marmelada tinha pedaços de casca de laranja, optei por passar o recheio numa peneira e obtive uma cobertura mais homogénea. É opcional.

publicado por Ameixinha às 19:02 | link do post | comentar | ver comentários (17) | partilhar

mais sobre mim

a possuída moída

Sobrevivo numa selva de hipocrisia, burocracia e cegueira de quem não quer ver. Prefiro não me lembrar da crise de valores que vivemos, mesmo sendo quase impossível esquecer-me disso. Cozinho e como com prazer, mesmo que alguma culpa surja depois. Gosto de andar a pé sozinha, viajar de comboio com um livro na carteira, dizer "Bom dia" com convicção e a sorrir. Ajudar quem precisa é o que me permito fazer sem pensar duas vezes, embora haja muita gente mal-agradecida. Sou adepta da boa disposição, da humanidade e respeito nos serviços de saúde e educação, acredito na capacidade de generosidade e bondade das pessoas que me rodeiam. Entristece-me que, nem sempre, essas capacidades sejam canalizadas quando deveriam. Não gosto das vizinhas coscuvilheiras e de pessoas mal educadas, prepotentes e ocas. Os meus olhos transmitem tudo o resto de mim e são cor da canela. Amo a Fauna e a Flora. Adoro o Outono e as folhas que caem. Não vejo qualquer utilidade em peluches. E a única coisa que é afrodisíaca é o amor.

pesquisar neste blog

 

posts recentes

Posts mais comentados

aqui acontece

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

arquivos

tags

links

subscrever feeds

quantos por cá passaram...