Quinta-feira, 03.09.15

Queques de chocolate negro

30-08 025.jpg

Há uns tempos fui contactada para experimentar um produto vendido pela Zumbu.com.

Aceitei de bom grado, até porque não é fácil encontrar cacau em pó isento de glúten.

Experimentei estes queques e obtive um óptimo sabor puro a cacau. O aroma é delicioso :)

 

Ingredientes:

1/2 chávena de óleo vegetal

85 g de chocolate negro, partido

1/3 chávena de cacau cru em pó BioSamara

1/2 chávena de farinha sem glúten Schar

1/3 chávena de amêndoa moída

3/4 colher (chá) de fermento

1/2 colher (chá) de bicarbonato de soda

1/2 colher (chá) de psillium

1/2 colher (chá) de sal

2 ovos grandes

1 colher (chá) de extracto de baunilha

1/2 chávena de açúcar

1/2 chávena de leite sem lactose

30-08 021.jpg

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC e prepare 12 formas para queques.

Misture o chocolate, óleo e cacau e leve ao microondas, mexendo ocasionalmente, até derreter. Bata esta mistura até ficar cremosa e depois deixe repousar para arrefecer ligeiramente.

Noutro recipiente misture a farinha, fermento, bicarbonato, sal e psillium.

Numa tigela limpa bata os ovos com a baunilha. Junte o açúcar e mexa até estar bem misturado. Adicione a mistura de chocolate e o leite e envolva.

Aos poucos, envolva a mistura de farinha.

Divida a massa pelas formas e leve ao forno até que um palito inserido no centro dos queques, saia limpo - cerca de 16 a 18 minutos. Deixe-os arrefecer nas formas por 10 min e depois retire-os e deixe arrefecer completamente.

 

Receita adaptada do livro "The how can it be gluten free cookbook".

Para quem não é intolerante ao glúten é só trocar por farinha de trigo e aumentar a quantidade para 1 chávena.

 

publicado por Ameixinha às 16:56 | link do post | comentar | ver comentários (6) | partilhar
Domingo, 07.06.15

Brownie de abacate

3-3 027.jpg

Serei, provavelmente, trucidada por referir-me a estes quadradinhos como brownie, mas são-no, de facto, para mim. Já fiz alguns brownies, com glúten, sem glúten, provei outros tantos feitos por outras pessoas e comprei alguns para provar. Este brownie que fiz, tem todos os ingredientes para não ser considerado como tal, mas sabe-me a brownie. Sem manteiga, sem trigo, sem chocolate. Bom, muito bom e o abacate continua a ser um grande aliado nestas empreitadas. Estou convencida pelo abacate e pelo óleo de coco. Para quem, ainda assim, acha que isto é tudo menos brownie e nem se atreve a dar uma dentada, não sabem o que perdem :) Bom, very good!

 

Ingredientes (baked by an introvert):

3/4 chávena de farinha sem glúten

1/3 xhávena de cacau

1/2 colher (chá) de bicarbonato

1/4 colher (chá) de sal

1/3 chávena de óleo de coco, derretido e arrefecido

1/2 chávena de abacate amassado

1/3 chávena de açúcar amarelo + 1/4 chávena de açúcar branco

1 ovo, temperatura ambiente

1 colher (chá) extracto de baunilha

 

Preparação:

Pré aqueça o forno a 180ºC. Prepare um tabuleiro quadrado e forre com papel vegetal.

Peneire a farinha, cacau, bicarbonato e sal. Reserve.

Bata o óleo, abacate e os açúcares. Junte o ovo e a baunilha. Envolva a mistura de farinha, um pouco de cada vez. Misture delicadamente e leve ao forno por cerca de 20 minutos ou até que um palito saia húmido do centro. Deixe arrefecer na forma antes de retirar e cortar em quadrados.

 

Bom domingo!

publicado por Ameixinha às 12:56 | link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar
Domingo, 17.05.15

Chocolate cake from Tessa

3-3 127.jpg

Não me canso de dizer a mim mesma que há males que vem por bem. E há!

Hoje foi dia de lavar e pintar a piscina. Pelos vistos, todos os anos dá-se o mesmo ritual. As paredes, costumeiramente brancas, passaram a azul cor do céu. Um ano de mudança que me recebeu aqui de braços abertos. Logo a mim, que nem sei nadar :) Os homens pintavam diligentemente e as mulheres, como sempre, limpavam a tinta que deixavam o azulejo pintalgado. O bolo já estava pronto, porque hoje também foi dia de bolo. Bolo de chocolate, com uma cobertura simples. Bolo bom, húmido, fácil. A piscina enche. Vai levar cerca de 48 horas a encher, é grande. Hoje ninguém pôde usufruir de um banho nela, mas houve churrasco, vinho, conversa, muitos risos. Terminou com bolo, e que belo final de domingo :)

3-3 137.jpg

Bolo de chocolate (Apples for jam, Tessa Kiros)

180 g de manteiga

50 g de chocolate negro

30 g de cacau em pó

3 ovos, separados

150 g de açúcar

85 g de farinha (usei metade Doves Farm e metade mix B da Schar)*

1 1/2 colher (chá) de fermento

3 colheres (sopa) de leite

 

1 pacote de natas

compota a gosto

extracto de baunilha

nozes q.b.

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º. Unte e enfarinhe uma forma de mola com 24 cm de diâmetro. Derreta a manteiga numa caçarola, junte  o chocolate partido e o cacau e mexa até dissolver. Retire a caçarola do lume. Bata as claras em castelo. Noutra tigela bata as gemas em espuma, junte o açúcar e bata. Adicione a mistura de chocolate, um pouco de cada vez. Peneire a farinha e o fermento e envolva bem. Adicione o leite e bata.

Cuidadosamente, envolva as claras em castelo até estarem incorporadas na massa. Coloque na forma e leve a cozer por cerca de 30-35 minutos. Deixe arrefecer na forma. Coloque num prato de servir e decore com natas batidas com 1 colher de sopa de compota de frutos vermelhos e 1 colher de chá de extracto de baunilha. Salpique nozes por cima e sirva.

 

*Ou 125 g de farinha de trigo se não forem intolerantes ao glúten

publicado por Ameixinha às 22:40 | link do post | comentar | ver comentários (5) | partilhar
Quinta-feira, 08.01.15

Pavlova de chocolate com lemon curd

pavlova1.JPG

O final de 2014 trouxe uma casa "nova" e um forno novo. Um forno onde se podem fazer pavlovas.

O final de 2014 trouxe novos amigos, uma viagem, muitos encontros para planear a viagem, muito chá, biscoitos, pavlovas, gargalhadas.

Convenhamos que toda e qualquer reunião de amigos onde não haja comida... é algo muito chato! Uma boa desculpa para ir para a cozinha, porque os bons amigos merecem o melhor de nós e, o meu melhor, neste momento, é uma pavlova de chocolate! Eles merecem e eu também

 

Ingredientes:

4 claras

200 g de açúcar em pó

4 colheres (sopa) de amido de milho

3 colheres (sopa) de cacau em pó

1 colher (chá) de vinagre de vinho branco ou sidra

100 g de chocolate semi-amargo

200 ml de natas sem lactose

1 colher (chá) de essência de baunilha

2 colheres (sopa) de lemon curd

frutos vermelhos

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 140ºC.

Desenhe um círculo de 23 cm de diâmetro numa folha de papel vegetal.

Bata as claras em castelo. Gradualmente junte o açúcar e vá batendo até que a mistura fique em castelo novamente. Adicione o amido, cacau e o vinagre.

Coloque a mistura dentro do círculo e espalhe fazendo uma ligeira concavidade no centro para rechear posteriormente.

Leve ao forno por cerca de 1h30min.

Para o recheio, derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas. Remova e deixe arrefecer ligeiramente.

Bata as natas com a baunilha até ficarem espessas.

Envolva 4 colheres de sopa de natas batidas no chocolate derretido.

Envolva o lemon curd com as restantes natas.

Coloque o merengue num prato de servir, recheie com as natas e, depois, com a mistura de chocolate. Decore com amoras ou outros frutos vermelhos.

 

pavlova.jpg

 

Receita do livro "The chocolate and coffee bible".

Não tirei foto a nenhuma fatia, tornou-se tarefa impossível. Desta última até houve disputa pela última fatia. Nunca eu tinha visto uma sobremesa desaparecer tão depressa!

 

Bom fim de semana

 

publicado por Ameixinha às 21:41 | link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar
Terça-feira, 24.06.14

Queques werther´s

 

Estão uns dias mesmo como eu gosto, um friozinho na espinha, uma vontade de ligar o forno, terra molhada, cheiro de outono e sabor a caramelo e chocolate. Diz que é verão :)

Pegando no desafio que me foi feito pela Werther´s, juntei o que mais gosto e o que menos aprecio. Os caramelos foram desembrulhados com esperança no olhar e água na boca. Às vezes temos que fazer algo que nunca experimentamos, e resisti à tentação de levar à boca os rectângulos de nata. Caramelos são a minha praia e bananas, infelizmente, também. Vivo rodeada deles, uns mais caramelos que outros, uns menos ou mais bananas. Tomara eu conseguir pegar nesses, esmagá-los e juntá-los a chocolate. De certeza que o mundo seria um lugar bem melhor, se caramelos e bananas existissem apenas nuns queques e fossem empurrados com chá. Ahhh!


 

Ingredientes:

3 bananas muito maduras

125 ml de óleo vegetal

2 ovos

200 g de farinha Mix B Schar

100 g de açúcar em pó

1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1 colher (chá) de fermento

75 g de pedaços de caramelos moles Werther´s Original

75 g de chocolate negro

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 200ºC e forre um tabuleiro para queques com 12 forminhas de papel.

Amasse as bananas e reserve durante algum tempo.

Verta o óleo para uma taça e bata com os ovos.

Deite a farinha, açúcar, bicarbonato e fermento numa taçae junte a mistura de ovos e óleo, seguida pelas bananas esmagadas.

Incorpore os pedaços de caramelo e chocolate e divida a mistura pelas forminhas. Coza durante 20 minutos.

Rende cerca de 12 queques.

 

Receita adaptada do livro "Na Cozinha com Nigella".

 

publicado por Ameixinha às 15:28 | link do post | comentar | ver comentários (9) | partilhar
Domingo, 18.05.14

Queques de chocolate

 

Quando abri a caixinha a imitar um fogãozinho, voltei imediatamente à minha infância. Nunca tive um fogão, não! Na minha altura, tempos idos que não retornam, nós usavamos a imaginação. Fazia cozinhados de bagas e folhas de eucalipto, tudo cozinhado em folhas de figueira ou de uva, que depois fingíamos saborear de forma entusiasta. Belas cozinheiras nós eramos, autênticas gourmets :) 

Para celebrar esse acontecimento apaixonante que é levar um bolo ao forno, escolhi o chocolate. Não sendo o meu sabor favorito, deixei-me levar pelo que me apetecia ontem, hoje e, com sorte, vai apetecer amanhã: cho-co-la-te! Ele pode não salvar, mas a serotonina e endorfina libertadas vão dando o suporte necessário em momentos críticos. Além disso, olhando para a vaqueiro líquida e para o açúcar moreno, achei que tinha que ser chocolate, combinava e, de facto, combinou. A fôrma que estava dentro do fogãozinho sugeriu que teriam que ser queques, e foram; alguns, realmente, já se foram :)

O melhor do mundo seria se todos, neste world baking day, pudessem ter os ingredientes necessários para cozinhar um bolo e saboreá-lo com a alegria que merecem. Ninguém deveria viver sem fogão, sem chocolate, sem alegria. Para afastar a tristeza da realidade, comamos chocolate, de preferência, sem glúten!

 

 

 

Ingredientes:

100 g de chocolate preto

50 g de manteiga líquida vaqueiro

2 ovos

2 gemas

100 g de açúcar moreno sores

miolo de uma vagem de baunilha

50 g de farinha sem gluten*

1 colher (chá) de fermento em pó

açúcar em pó para decoração

 

Preparação:

Derreta o chocolate com a manteiga no micro-ondas, vá mexendo até derreter e deixe arrefecer.

Aqueça o forno a 180 ºC.

Misture os ovos inteiros, gemas, açúcar e o miolo da vagem de baunilha com um batedor de varas até obter uma mistura esbranquiçada. Adicione pouco a pouco o chocolate derretido. Peneire a farinha e o fermento por cima e misture bem.

Coloque nas formas e leve ao forno durante 15-20 minutos. Deixe arrefecer ligeiramente e desenforme, deixe arrefecer. Polvilhe com açúcar em pó e sirva simples ou com gelado de baunilha.

 

*Usei 30 gr de doves farm e 20 gr de Mix B da Schar.

Para um bolo normal use farinha Nacional.

Esta postagem foi patrocinada pela Vaqueiro.

Receita adaptada do livro "Chocolate".

A massa dos bolinhos fica húmida com uma capa ligeiramente crocante por cima.

 

Bom Domingo!

publicado por Ameixinha às 08:00 | link do post | comentar | ver comentários (9) | partilhar
Terça-feira, 10.12.13

Bitter marmelade chocolate loaf

Qué como quem diz: bolo de chocolate e compota de laranja :) 

Decidi-me a gastar aquele frasco de compota de laranja amarga que não me passou na goela porque, vamos combinar, para amarga já bastam algumas cenas da minha vida. Eu quero é doce, chocolate, açúcar, ou seja, tudo o que faz mal mas sabe bem. 

Com alguma precaução, comecei a fazer uma receita que encontrei no livro "The chocolate and coffee bible" e que pede uma quantidade razoável da dita marmelada de laranja. O resultado surpreendeu, até porque adaptei a receita para servir uma dieta sem glúten e, o bolo foi ficando melhor no dia seguinte. Escusado será dizer que o recheio/cobertura é que dão a humidade a este bolo. Uma receita que vou repetir, para acabar de vez com aquele frasco manhoso que olha para mim de cada vez que abro o frigorífico. Vai ter que ser para breve, porque tenho receio de dar uma de Alexander Fleming e vir a descobrir um novo antibiótico na porta do meu frigorífico :)

 


 

Bolo:

 115 g de chocolate semi-amargo

3 ovos

200 g de açúcar

175 ml de natas azedas*

180 g de farinha schar (ou 200 g de farinha normal para bolos)

 

Recheio e cobertura:

175 g de marmelada de laranja /compota de laranja

115 g de chocolate semi-amargo

60 ml de natas azedas

casca de laranja, para decorar, opcional

 

Preparação:

 

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma de bolo inglês.

Parta e derreta o chocolate.

Misture os ovos com o açúcar e bata até ficar espesso e cremoso, junte as natas azedas e o chocolate.

Junte a farinha e misture usando uma colher de metal.

Coloque a mistura na forma e coza durante 1 hora ou até que um palito inserido no meio do bolo saia limpo. Deixe arrefecer por alguns minutos na forma, desenforme e deixe arrefecer totalmente.

Faça a cobertura. Derreta dois terços da marmelada de laranja em lume brando. Parta e derreta o chocolate, junte à marmelada com as natas**.

Parta o bolo em duas ou três camadas, recheie com a marmelada, monte o bolo e cubra-o com o restante da cobertura. Deixe assentar e sirva depois de frio.

 

*Para obter natas azedas, junte 1 colher (sopa) de sumo de limão a 200 ml de natas e deixe repousar por 10 minutos antes de usar.

**Como a minha marmelada tinha pedaços de casca de laranja, optei por passar o recheio numa peneira e obtive uma cobertura mais homogénea. É opcional.

publicado por Ameixinha às 19:02 | link do post | comentar | ver comentários (17) | partilhar
Terça-feira, 08.10.13

Devilish passionfruit chocolate roulade



A vida vai dando tudo aquilo que nós necessitamos. A única coisa que precisamos é estar atentos, ou ter alguém atento a acompanhar-nos.

Foi assim há uns tempos atrás, em que numa das nossas caminhadas semanais, maracujás vieram ter connosco. Abençoada gravidade que, a maioria das vezes, faz cair coisas boas e doces do alto das árvores e arbustos. Começou com a maçã, que levou Newton à fantástica teoria que tudo o que sobe tem que descer, e que evoluiu para os maracujás que me levaram a colocar em prática um rolo delicioso, para apreciar nos últimos dias de Verão. Oh, se tão somente começassem a cair tantas outras coisas dos céus... sem glúten, de preferência ;)

 


Rolo de chocolate:

(The chocolate and coffee bible)

 

175 g de chocolate semi-amargo

4 ovos, separados

115 g de açúcar

cacau em pó

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º C. Unte uma forma rectangular e forre-a com papel vegetal.

Parta o chocolate aos pedaços e derreta-o em banho-maria

Bata as gemas com o açúcar numa tigela até que obtenha uma mistura pálida e espessa, adicione-lhe o chocolate derretido.

Bata as claras em castelo e envolva delicadamente à mistura anterior. Passe a mistura para a forma e nivele. Leve ao forno por cerca de 15-20 minutos, até que esteja firme ao toque.

Salpique cacau em pó numa folha de papel vegetal e vire a torta para lá. Cubra e deixe arrefecer.

 

Recheio:

(retirado do blog Delicieux)

 

2 gemas

polpa de 2 maracujás

90 g de açúcar

40 g de manteiga

2/3 chávena de natas batidas

 

Coe as sementes de maracujá e reserve o sumo.

Coloque o sumo, gemas, açúcar e manteiga numa panela, leve ao lume e mexa bem até engrossar, cerca de 5 - 10 minutos. Retire e refrigere.

Envolva 2 colheres (sopa) do creme com as natas batidas. Envolva bem e espalhe sobre o rolo. Enrole, decore a gosto e refrigere.

 

Boa semana a todos!

publicado por Ameixinha às 14:50 | link do post | comentar | ver comentários (14) | partilhar
Domingo, 15.09.13

Tarte trufada de chocolate e avelãs

 

Hoje não vou dizer nada, para compensar a verborreia da postagem anterior :)

Temos Tessa, sempre ela e os seus maravilhosos livros. 

A minha única preocupação é, agora, adaptar as suas receitas à minha dieta sem glúten. Tenho sido feliz nas minhas tentativas. 

Este é um pedaço rico de chocolate para envolver o palato em sonhos pantagruélicos e para dividir com os outros.

Porque há dias em que só o chocolate nos sana... para nos enlouquecer posteriormente, uma e outra vez.

Boa semana a todos!

 


Chocolate truffle tart (falling cloudberries - Tessa Kiros)

 

100 g de manteiga

100 g de açúcar

100 g de chocolate semi-amargo

3 ovos

1 colher (chá) de extracto de baunilha

20 g de farinha sem glúten (ou com glúten, se não forem intolerantes)

40 g de avelãs moídas

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma de fundo removível.

Derreta a manteiga numa panela sobre lume fraco. Adicione o açúcar e chocolate e mexa até que o chocolate derreta e o açúcar se dissolva. Retire do lume, transfira para uma tigela e deixe arrefecer cerca de 30 minutos. Adicione as gemas e a baunilha e mexa com a batedeira. Peneire a farinha e envolva ao preparado, depois adicione as avelãs.

Bata as claras em castelo e adicione ao preparado de chocolate, envolvendo uma colher de cada vez.

Passe a massa para a forma e coza por cerca de 35 minutos ou até que um palito inserido no centro saia limpo. Deixe arrefecer cerca de 15 minutos antes de retirar da forma. Sirva depois de frio.

publicado por Ameixinha às 22:18 | link do post | comentar | ver comentários (6) | partilhar
Domingo, 10.06.12

Low-fat brownies


Duas receitas para uma foto só, porque preciso de poupar tempo e a fotografia não tem sido o meu grande forte. E antes que pensem que o bolo combina com o gelado, eu acho que não combina nada bem. O cacau do bolo acaba por anular o sabor do gelado de pistácio. Para já, deixo a receita do brownie, que já fiz mais que uma vez, porque estamos em altura de bananas maduras e há sempre umas quantas claras que sobram de uma outra sobremesa qualquer. Tenho certeza que ninguém resiste a um quadradinho destes :)

 

Ingredientes:

75 ml/5 colheres de sopa de cacau magro

15 ml/1 colher de sopa de açúcar

75 ml/5 colheres de sopa de leite magro

3 bananas grandes, esmagadas

175g de açúcar amarelo

5 ml/1 colher de chá de extracto de baunilha

5 claras de ovo

75g de farinha autolevedante

75g de farelo de aveia

15 ml/1 colher sopa de açúcar em pó

 

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 18ºC. Forre uma forma quadrada com papel vegetal. Misture o cacau, o açúcar e o leite. Adicione as bananas, açúcar amarelo e baunilha.

Bata ligeiramente as claras. Adicione a mistura de cacau e continue a bater. Peneire a farinha sobre a mistura e envolva com o farelo de aveia. Coloque a mistura na forma e leve ao forno por 40 minutos ou até que o topo esteja firme. Deixe arrefecer na forma e corte em quadrados. Salpique o açúcar em pó por cima e sirva.

 

Notas:

Receita do livro "The chocolate and coffee bible".

Usei aveia em flocos que triturei até obter uma areia fina.

Podem diminuir a quantidade de açúcar, foi o que eu fiz.

Usei uma forma rectangular e o brownie ficou mais baixo do que seria desejável.

Como dá para notar, esqueci-me de cobri-lo com o açúcar em pó.

 

Bom Domingo e bom início de semana a todos!

publicado por Ameixinha às 17:07 | link do post | comentar | ver comentários (22) | partilhar

mais sobre mim

a possuída moída

Sobrevivo numa selva de hipocrisia, burocracia e cegueira de quem não quer ver. Prefiro não me lembrar da crise de valores que vivemos, mesmo sendo quase impossível esquecer-me disso. Cozinho e como com prazer, mesmo que alguma culpa surja depois. Gosto de andar a pé sozinha, viajar de comboio com um livro na carteira, dizer "Bom dia" com convicção e a sorrir. Ajudar quem precisa é o que me permito fazer sem pensar duas vezes, embora haja muita gente mal-agradecida. Sou adepta da boa disposição, da humanidade e respeito nos serviços de saúde e educação, acredito na capacidade de generosidade e bondade das pessoas que me rodeiam. Entristece-me que, nem sempre, essas capacidades sejam canalizadas quando deveriam. Não gosto das vizinhas coscuvilheiras e de pessoas mal educadas, prepotentes e ocas. Os meus olhos transmitem tudo o resto de mim e são cor da canela. Amo a Fauna e a Flora. Adoro o Outono e as folhas que caem. Não vejo qualquer utilidade em peluches. E a única coisa que é afrodisíaca é o amor.

pesquisar neste blog

 

posts recentes

Posts mais comentados

aqui acontece

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

arquivos

tags

links

subscrever feeds

quantos por cá passaram...