Quarta-feira, 22.09.10

Refresco de groselha com limão

A groselha e eu temos toda uma história que se resume a uma palavra: enjoo!
Tudo começou num belo dia em que a enjoadinha mor ainda criança, - eu mesma - foi numa curta viagem de carro com os seus pais, ajudar um casal numa mudança. À chegada já eu estava com a cabeça a andar à roda e os ouvidos a zumbir, estava com aquela cara de quem está mesmo prestes a vomitar-se e não quer ouvir nem mais um pio. Eis que alguém tem a brilhante ideia de ir tomar um café e o que é que eu vejo em cima de uma das mesas? Uma bebida da cor da groselha mas borbulhante :) Tudo aquilo borbulhou dentro de mim e o que faltava enjoar, acabou de enjoar ali mesmo.
Nunca consegui beber groselha na vida e sempre que via aquela cor, qualquer coisa dentro de mim estremecia!
Então porque fazer esta "limonada"? Porque tinha eu xarope de groselha em casa? Porque só agora resolvi enfrentar o trauma? Talvez porque tudo tenha o seu tempo, porque a garrafa de xarope de groselha foi comprada para fazer algo comestível e, isso já é outra coisa, só me fazia confusão se fosse bebível. Também porque o limão tem um grande poder sobre mim, é ácido e isso, por si só, desenfastia qualquer um :)
A sugestão veio do Paladares da Isa e eu aconselho a experimentar!

Ingredientes:
1, 5 litros de água fresca
120 ml de xarope de groselha
1 limão cortado aos bocados
Gelo q.b.

Preparação:
Coloque o gelo e o limão cortado num jarro. De seguida, coloque o xarope de groselha e a água fresca. Mexa e sirva.

Provei e optei por juntar o sumo de mais meio limão. Ficou perfeito para gozar os últimos dias de Verão e os primeiros do Outono :)
publicado por Ameixinha às 22:00 | link do post | comentar | ver comentários (46) | partilhar
Domingo, 08.08.10

Limonada de gengibre e hortelã


Tomai todos e bebei... porque com este calorão não há outro remédio :) E mais não digo! Vou estender-me e ficar à espera de uma aragem fresca! Vi esta limonada no Flip Cookbook.

Ingredientes:
1/2 chávena de folhas de hortelã frescas
1/3 chávena de gengibre fresco
1/3 chávena de mel (usei mel Algarvio)
2 chávenas de água a ferver
1/3 chávena de sumo de limão
2 chávenas de água fria
cubos de gelo para servir

Preparação
Coloque 2 chávenas de água a ferver. Pique as folhas de hortelã. Devem medir 1/2 chávena quando pressionadas. Pele o gengibre e corte em pedacinhos.
Quando a água estiver a ferver, retire-a do calor. Junte a hortelã, gengibre e o mel. Cubra e deixe arrefecer por 30 minutos.
Coe a mistura para um jarro. Pressione bem para retirar todo o líquido da infusão. Quando for a servir, combine com o sumo de limão e cerca de 2 chávenas de água fria. Para um sabor menos forte pode juntar mais água. Sirva com cubos de gelo, fatias de limão e folhas de hortelã.




Bom Domingo a todos e bom início de semana!
publicado por Ameixinha às 15:13 | link do post | comentar | ver comentários (48) | partilhar
Domingo, 01.08.10

Limonada de lavanda


Enquanto tirava uma foto ao gelo que estava no copo, ele simplesmente desapareceu perante os meus olhos. O calor esteve assim, de derreter glaciares, icebergs, iglôs, pólos e neurónios :) Felizmente, já diminuiu um bocadinho e podemos apreciar esta limonada com o suave toque da lavanda, sem nos abanar, desesperar, barafustar, resmungar, transpirar ou esticar o pernil!
A lavanda, usada com parcimónia, não faz ninguém arrotar a sabonete :) Esta limonada leva-nos ao campo, a colher uns quantos raminhos, respirar ar puro, sentir a refrescante brisa a passar nos cabelos - eu tenho uma cabeleira farta he he - e a dar graças por ter sobrevivido à onda manhosa de altas temperaturas!
Foi no Cook Play Explore que vi esta sugestão. Para quem não tiver lavanda ou não quiser usar, há a alternativa do manjericão ou hortelã, segundo a autora também combina muito bem.

Ingredientes:
1/3 chávena de flores de lavanda (se forem frescas, no meu caso usei 2 colheres de sopa de lavanda seca)
1 chávena de açúcar
6 chávenas de água
1 chávena de sumo de limão

Preparação:
Numa panela, junte a lavanda, 2 chávenas de água e o açúcar sob lume brando, mexa até dissolver. Leve a ferver, desligue, cubra a panela e retire do calor. Deixe repousar por 45 minutos, coe e coloque num jarro, juntando o sumo de limão e a restante água. Prove e adicione mais sumo de limão (para cortar a doçura) ou água (para diluir) conforme a sua preferência. Guarneça com fatias de limão e gelo, servindo de seguida.

Bom Domingo a todos!

publicado por Ameixinha às 09:00 | link do post | comentar | ver comentários (49) | partilhar
Segunda-feira, 05.07.10

Chá gelado de hortelã


Sem dúvida alguma que chegaram os tempos dos grelhados, das churrascadas, das esplanadas, dos gelados, das saladas, da praia, de dormir tal qual se veio ao mundo - correndo o risco de surgir um terramoto e termos que fugir para a rua com os marmelos de fora e não só!- de espreguiçar à sombra, dos piqueniques, dos passeios à noitinha, das dietas e das férias.
São tempos que não gosto! Doem-me os ossinhos todos, sinto-me completamente pegajosa, não consigo dormir, não estou bem de pé, nem sentada, nem deitada, tomar banho só nos deixa ainda mais transpirados, não sei nadar - nada de piscina, nem mar - vestir preto é impossível, comer sopa e feijoada é infernal, fico chateada, resmungo, chateio-me, apetece-me chorar, fugir para a Islândia, dar cabo da tromba a alguém, e tudo mais.
Onde é que andou a Primavera? Eu precisava tanto da Primavera, porque os meus neurónios teriam tempo de se habituar à subida da temperatura. Assim, tenho o cérebro em água e muita mais necessidade de beber, logo mais necessidade de ir à casa de banho. Digo-vos, se fazia xixi que nem uma vaca, agora estou que nem uma elefanta :)

Para ajudar à festa, saia um cházinho gelado com a hortelã que não foi atacada pela praga! Receita retirada de um volume "Alimentos com história".


1 litro de água
2 colheres (sopa) de chá preto - usei Gorreana
1 ramo de hortelã
80 gr de açúcar (usei 40 g e mesmo assim achei muito doce)
hortelã q.b.

Ferva a água, junte o chá e retire do lume. Deixe repousar durante 2 minutos.
Filtre e junte o açúcar. Verta num tabuleiro e leve ao congelador até ficar bem gelado e começar a cristalizar.
Retire então do frio e mexa bem. Distribua por copos e sirva com a hortelã.

Relembro que estarei em Lisboa daqui a duas semanas, quem quiser aparecer que diga qualquer coisinha pró mail, ok?! Prometo que não bato em ninguém, perante a multidão eu mantenho o controlo he he
Boa semana a todos!
publicado por Ameixinha às 10:00 | link do post | comentar | ver comentários (49) | partilhar
Segunda-feira, 17.08.09

Chá gelado de hortelã

Toma lá, já que não comes, bebes :)
O calor não dá tréguas e nada melhor que um chá gelado para matar a sede!
Os posts não se podem alongar porque tem sido bastante difícil estar à frente do computador com o calor e, para quem está a ler, convém que apareçam poucas palavras. Aproveitem esta bebida refrescante e saudável nestes dias de Verão intenso.

Ingredientes:
1 litro de água
2 colheres (sopa) de chá preto (usei uma mistura de chá preto com casca de laranja e sumo de laranja concentrado)
1 ramo de hortelã
80 g de açúcar
hortelã q.b.

1. Ferva a água, junte o chá e retire do lume. Deixe repousar durante dois minutos.
2. Filtre e junte o açúcar. Verta num tabuleiro e leve ao congelador, até ficar bem gelado e começar a cristalizar.
3. Retire do frio e mexa bem. Distribua por copos e sirva com a hortelã.


Agora um outro assunto:
Em breve espero ir a Lisboa por, pelo menos, 24 horas. Na altura dos encontros no Porto muitas meninas perguntaram para quando seria um encontro na capital. Pois então, está para muito breve.
Gostava muito que algumas pessoas que eu visito e que me visitam aparecessem por lá. Na verdade, ainda não tenho nada combinado com ninguém, não tenho planos. Compete às meninas daí organizarem algo porque, como sabem, eu não conheço bem Lisboa e não posso dizer que vou ali ou acolá.
Seria óptimo organizar um encontro onde todas pudessemos estar, conviver e conhecermo-nos... para ser mais chique, para minglar he he. Desde que venham com boa disposição e com vontade de conhecer gente nova, eu estou de braços abertos.
Sei que em Agosto muita gente está de férias mas, de certa forma, é uma altura em que me dá mais jeito a mim também.
Alguém está interessado? Qualquer coisa mandem mail, informações e detalhes serão dados apenas por mail para não encontrar mouros manhosos e indesejados :)

Notas:
- Substitua o chá preto por chá de menta.
- Não entendi onde entra o ramo de hortelã, não sei se era para juntar à água na mesma altura do chá preto, acho que sim. Por não referir, usei apenas na decoração.
- O açúcar pode ser diminuído, como gosto de coisas menos doces eu usei menos. Se for muito doce faz-me mais sede e, o que se pretende é diminuí-la :)
- Retirei esta sugestão do livro "Alimentos com história I" da Impala.
publicado por Ameixinha às 14:00 | link do post | comentar | ver comentários (59) | partilhar

mais sobre mim

a possuída moída

Sobrevivo numa selva de hipocrisia, burocracia e cegueira de quem não quer ver. Prefiro não me lembrar da crise de valores que vivemos, mesmo sendo quase impossível esquecer-me disso. Cozinho e como com prazer, mesmo que alguma culpa surja depois. Gosto de andar a pé sozinha, viajar de comboio com um livro na carteira, dizer "Bom dia" com convicção e a sorrir. Ajudar quem precisa é o que me permito fazer sem pensar duas vezes, embora haja muita gente mal-agradecida. Sou adepta da boa disposição, da humanidade e respeito nos serviços de saúde e educação, acredito na capacidade de generosidade e bondade das pessoas que me rodeiam. Entristece-me que, nem sempre, essas capacidades sejam canalizadas quando deveriam. Não gosto das vizinhas coscuvilheiras e de pessoas mal educadas, prepotentes e ocas. Os meus olhos transmitem tudo o resto de mim e são cor da canela. Amo a Fauna e a Flora. Adoro o Outono e as folhas que caem. Não vejo qualquer utilidade em peluches. E a única coisa que é afrodisíaca é o amor.

pesquisar neste blog

 

posts recentes

Posts mais comentados

aqui acontece

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

arquivos

tags

links

subscrever feeds

quantos por cá passaram...