Terça-feira, 05.07.11

Esparguete com grão, courgette e gremolata de pão


Voltei às cápsulas de óleo de fígado de bacalhau. Depois de uma tarde no hospital receitaram-me "reiki ou ioga" para o sistema nervoso. Ainda me lembro de quando os médicos eram médicos, agora parece que estão mais virados para as terapias alternativas. Para além disso, estou a tomar o mesmo ansiolítico que o meu excelentíssimo e possuído gato. Decidi que óleo de fígado de bacalhau é melhor, pelo menos é mais natural. Reiki e ioga não faço, a coisa é muito parada e dá-me nos nervos, coisinha que eu já tenho aos pulos!
Não sei que diga, se eu não voltar... telefonem para os hospitais psiquiátricos, ok? Se me quiserem visitar já sabem: uma courgette, um chocolatinho, vá lá... um raminho de flores e eu prometo que vos recebo ;)

Ingredientes:
2 colheres (sopa) + 2 colheres (chá) de azeite
4 dentes de alho, divididos
1 chávena de pão em pedacinhos (integral ou outro)
zest de 1 limão
2-3 colheres (sopa) de salsa
3 courgettes médias, partidas a meio e cortadas em meias luas
1/2 colher (chá) de flocos de pimenta
sumo de 1/2 limão
425 g de grão de bico, cozido
1/2 colher (chá) sal
pimenta preta q.b.
240 g de esparguete (integral ou "normal")

Preparação:
Para a gremolata de pão aqueça as duas colheres de sopa de azeite numa frigideira, adicione metade do alho e saltei-e por 1-2 minutos. Adicione o pão, o zest de limão e a salsa. Cozinhe, mexendo frequentemente, por 5 minutos ou até que esteja dourado e crocante. Reserve.
Aqueça o restante azeite numa frigideira larga. Adicione a courgette, os flocos de pimenta e cozinhe em lume médio, virando com uma espátula até que a courgette comece a ficar dourada (cerca de 10 minutos). Adicione o restante alho durante cerca de 3 minutos. Junte o grão, sumo de limão, sal e pimenta preta moída.
Entretanto, cozinhe a esparguete. Coe e reserve 3/4 de chávena de água da cozedura e adicione à courgette, cozinhando por mais 2 minutos. Combine a massa com a courgette, mexendo gentilmente. Sirva com a gremolata e um fio de azeite.


Notas:
Receita retirada do blog What Would Cathy Eat?
Usei pão integral e pão branco.
Substituí os flocos de pimenta por pimenta de espelta.
Cozi primeiro o grão na panela de pressão, mas podem usar grão enlatado e drenado, tal como a autora usou.
publicado por Ameixinha às 22:00 | link do post | comentar | ver comentários (43) | partilhar
Domingo, 26.06.11

Massa com beringela e cogumelos


Para desenjoar do festival de courgettes - acho que já começo a chatear, né? - trago uma sugestão com beringela, outro dos meus legumes de eleição. Com muita pena minha, as vizinhas dedicam-se à courgette e ao feijão verde mas a beringela passa-lhes ao lado. Seria um trio magnífico se também tivesse beringela ao pé da porta :) Aviso já que vou voltar à courgettes, se quiserem tirar férias deste blog estão à vontadinha!

Ingredientes:
Massa esparguete q.b.
1 beringela
1 mancheia de cogumelos
1 ovo
1 alho picado
sal e pimenta q.b.
1 fio de azeite
molho de soja q.b.
oregãos e queijo ralado q.b.

Preparação:
Cozer a massa esparguete.
Numa frigideira aquecer o fio de azeite. Bater o ovo e misturá-lo ao azeite fazendo um ovo mexido. Retirar e reservar. Acrescentar mais um fio de azeite à frigideira, se necessário, e o alho picado. Cortar a beringela aos cubos e juntar à frigideira, deixando cozinhar. Refrescar com o molho de soja e acrescentar os cogumelos. Rectificar o sal. Deixar cozinhar mais 5 minutos. Acrescentar a massa e o ovo e envolver bem os sabores. Temperar com pimenta preta e oregãos. Servir quente polvilhado de queijo ralado.


Notas:
Optei por não manter a casca da beringela já que ninguém aprecia aqui em casa, usei só a polpa.
Usei esparguete integral.
Receita retirada do blog Migas com Gindungo, para matar saudades da Migas ;) Volta que estás perdoada!
publicado por Ameixinha às 21:38 | link do post | comentar | ver comentários (37) | partilhar
Segunda-feira, 20.06.11

Pastéis de courgette


Se eu fosse o capuchinho vermelho e tivesse que levar o lanche à avozinha, primeiro pensaria na condição médica da senhorinha. Hoje em dia, tem que se ter cuidado com tudo, incluindo a alimentação. Não vá o raio da veia ou artéria tecê-las e dar origem a algo que não queremos! O açúcar no sangue e o colesterol também têm que ser controlados, tudo para visar um prolongamento da vida às avós deste mundo, só para passarmos mais um bocadinho de tempo com elas ou então, como acontecerá com muitos, para nos lembrarmos que nos esquecemos dos nossos avós, ou porque são um bocadinho chatos ou porque o nosso tempo não chega para eles. Tristezas à parte, já que estamos a falar de comemorações e não de aflições, se eu tivesse uma avózinha, na minha cestinha levava apenas e só 2 ou 3 courgettes pequeninas, algumas especiarias e ia preparar estes pastéis na cozinha da minha avó, passar tempo de qualidade com ela :) Não há cozinha onde não haja um molho de salsa, uma cebola, pão e farinha. O queijo parmesão ia comigo, o limão ia colhê-lo ao quintal da avózinha e o ovo seria recolhido directamente da capoeira. Da prateleira este prato antigo e uma fotografia simples, à maneira de uma avó da aldeia. 

Ingredientes:
300 g de courgettes, raladas
1 cebola pequena, bem picada
1/4 copo (30 g) de farinha com fermento
1/3 copo (35 g) de queijo kefalotyri ou parmesão, ralado
1 colher (sopa) de hortelã fresca, picada
2 colheres (chá) de salsa fresca com folhas lisas, picada
1 pitada de noz-moscada moída
1/4 copo (25 g) de pão ralado
1 ovo, levemente batido
azeite, para fritar

Preparação:
Coloque as courgettes e a cebola no centro de um pano de louça limpo, junte os cantos ao mesmo tempo e esprema o mais apertado possível para libertar todos os sucos. Junte as courgettes, cebola, farinha, queijo, hortelã, salsa, noz-moscada, pão ralado e ovo numa tigela grande. Tempere bem com sal e pimenta preta em grão e misture tudo com as mãos até obter uma massa compacta e que fique pegada.
Aqueça o azeite numa frigideira grande em lume médio. Quando quente, deite, ao nível da frigideira, colheres de sopa da mistura e deixe fritar durante 2-3 minutos, ou até ficar bem alourada em toda a dimensão. Escorra bem em papel absorvente e sirva quente, com gomos de limão.

Notas:
Estes pastéis são a resposta ao desafio da Belinha, aqui está a minha participação :)
A receita foi retirada d' "o livro essencial da cozinha mediterrânica".
Se preferirem, podem usar um coador para espremer a courgette e retirar todos os sucos.

Bom início de semana a todos!
publicado por Ameixinha às 21:00 | link do post | comentar | ver comentários (58) | partilhar
Sábado, 07.05.11

Esparguetada de limão e cominhos


Voltamos à soja, à comida vegetariana, às minhas refeições favoritas, à saciedade através do que, supostamente, é mais saudável. Embora pouca gente entenda, eu sou das que come soja granulada à colherada e sabe-me pela vida :) Não morrerei mais saudável que todos os outros, isso é certo, mas se me sabe bem e se não gosto de bifes de vaca, a soja é minha aliada e, finalmente, consegui "desencaminhar" a minha mãe para este caminho. Ela que dizia que soja parecia e sabia a comida de cão - e aqui ficou a dúvida se a minha mãe alguma vez teria provado comida de cão he he - porque achava que era só enfiá-la no tacho e tá a andar ;) A soja merece mais respeito, uma nova oportunidade, ou muitas até que se acerte o ponto e se ajuste ao nosso gosto. 
Esta sugestão que vos trago hoje, vi-a no PPP e, para além da soja, tem o meu amado limão e uma das minhas especiarias favoritas, cominhos.

Ingredientes:
1 chávena de soja texturizada fina
cominhos em pó q.b.
sal fino e azeite q.b.
sumo de 1 limão grande 
esparguete integral
1 cenoura crua em juliana
sal e pimenta q.b.
Molho de soja e queijo parmesão (opcional e adicionado por mim)

Preparação:
Tempere a soja com cominhos, sal, sumo de limão e azeite. Adicione água apenas até cobrir a soja. Deixe repousar por 1 hora.
Coza a massa esparguete, escorra e reserve. Parta a cenoura em juliana e reserve.
Numa frigideira, coloque mais um pouco de azeite e adicione a soja (depois de ter sido retirado o excesso de água), deixe refogar um pouco. Adicione a esparguete com mais um pouco de azeite. Misture tudo e, por fim, adicione a cenoura para que fique al dente. Rectifique o tempero com sal e a pimenta. Se preferir, faça como eu e junte um pouco de molho de soja claro. Sirva com queijo parmesão ralado na hora.

Desejo um fim de semana saudável a todos que por aqui passam ;)
publicado por Ameixinha às 12:25 | link do post | comentar | ver comentários (44) | partilhar
Quinta-feira, 17.03.11

Tarte de cebola caramelizada

Pizza folhada

Ia eu começar a escrever algo acerca desta sugestão que vos trago - uma receita que já repeti vezes sem conta e até com algumas variações - quando estagnei na palavra "repetir". Recuei uns anos - muitos - e lembrei-me da primeira vez em que ouvi esta espécie de adivinha em jeito de lengalenga, em que alguém me contava e, posteriormente, perguntava:
"Havia uma mãe que tinha 3 filhos, o mais velho chamava-se Repete, o do meio Repete Repete e o mais novo Repete Repete Repete. Como se chamava o filho mais velho?". Eu, muito crente, lá respondia: "Repete".
E assim eu reforçava a repetição da lengalenga: Havia uma mãe que tinha 3 filhos, o mais velho chama-se Repete, o do meio Repete Repete e por aí vai... até que se respondia novamente "Repete". Na altura, era mais divertido para quem contava e para quem assistia, do que para quem respondia e se sentia um tanto ao quanto anormal e burrinho quando se apercebia da brincadeira. Mas depois, era a nossa vez de brincar com alguém e rir da inocência de outros. 
Tudo para dizer que esta sugestão é daquelas para repetir, repetir, repetir :)

Ingredientes:
Uma base de massa folhada
2 cebolas amarelas, finamente fatiadas
4 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (chá) de tomilho fresco
2 colheres (chá) de açúcar
1/2 colher (chá) de sal
1/4 colher (chá) de pimenta moída
4 colheres (sopa) de vinho branco
1 chávena de queijo ricotta
1 ovo
1/2 chávena de parmesão

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Numa panela aqueça a margarina, tomilho, cebolas, sal, pimenta, açúcar e vinho por 15 minutos, mexendo ocasionalmente, até que as cebolas fiquem amolecidas e douradas. 
Enquanto as cebolas estão a caramelizar, misture a ricotta com o ovo e reserve.
Desenrole a massa folhada e dobre as bordas, cerca de 1 dedo.
Espalhe a mistura de queijo na base da massa, seguida do queijo parmesão no topo. Adicione as cebolas por cima do queijo e salpique com mais um pouco de queijo parmesão.
Leve ao forno por 25-30 minutos até que a massa fique dourada.

Notas:
Para quem não encontrar ricotta, como eu, ou não gostar, pode usar mozzarella ou barrar a base da massa folhada com azeite. 
Algumas vezes adiciono cogumelos à cobertura, só porque gosto e me apetece. Quando não há vinho branco, uso vinho tinto, foi este o caso mas o sabor é igual.
Caso não queiram ou não tenham massa folhada, podem fazer a vossa preferida e aproveitar este recheio delicioso :)
Vi a receita no blog Savory Sweet Life.

publicado por Ameixinha às 21:28 | link do post | comentar | ver comentários (46) | partilhar
Quarta-feira, 02.03.11

Omeleta de courgette

Do tempo em que ainda tinha manjericão,
Um punhado dele, uma pitada de noz-moscada.
Metade da receita, 4 ovos ali à mão,
Courgettes saborosas fizeram uma boa "omeletada"!
Ingredientes:
80 g de manteiga
400 g de courgette, fatiadas
1 colher (sopa) de manjericão fresco, bem picado
1 pitada de noz-moscada
8 ovos, ligeiramente batidos

Preparação:
Derreta metade da manteiga numa frigideira antiaderente com 23 cm de diâmetro. Acrescente as courgettes e deixe cozinhar em lume moderado durante 8 minutos, até ficarem ligeiramente douradas. Adicione o manjericão e a noz-moscada, mexa, tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar por 30 segundos. Transfira o conteúdo para uma tigela e mantenha quente.
Limpe a frigideira, leve-a novamente ao lume e derreta o resto da manteiga. Tempere ligeiramente os ovos e deite-os na frigideira. Mexa devagar em lume alto. Pare de mexer quando os ovos começarem a assentar em forma de grumos uniformes, pequenos e esponjosos. Reduza a temperatura e levante as bordas para evitar que os ovos colem. Agite a frigideira, fazendo os ovos deslizarem de um lado para o outro, evitando que a omeleta agarre. Quando estiver quase assente, mas com a superfície ainda a mostrar a matéria líquida, espalhe as courgettes no centro. Com uma espátula, dobre a omeleta ao meio e faça-a deslizar para um prato de servir. 

Notas:
Fiz metade da receita acima descrita que, neste caso, serviu duas pessoas. 
Em 20 minutos têm uma refeição quente e saborosa. Retirada de "O livro essencial da cozinha Mediterrânica".
publicado por Ameixinha às 15:00 | link do post | comentar | ver comentários (56) | partilhar
Terça-feira, 22.02.11

Noodles com legumes

Hoje, o dia tem um outro colorido. Vou lavar o cinzento destes dias com um prato de massa visualmente primaveril, que fornece o aconchego que a maioria das pessoas sente falta no Inverno.

Ingredientes:
250 g de noodles à vossa escolha
2 colheres (sopa) de molho de soja
1 colher (chá) de mel (usei mel de Rosmaninho do Algarve)
Sumo de 1 limão/lima
1 pimento vermelho, fatiado finamente
2 cenouras, fatiada em palitos
1/2 cabeça de couve chinesa, cortada grosseiramente (usei 1/2 cabeça de uma couve coração)
1 cebola vermelha, fatiada em meias-luas
2 dentes de alho, finamente picados
1 chilli vermelho, finamente picado (usei piri-piri de medronho)

Preparação:
Cozinhe a massa de acordo com as instruções da embalagem, escorra e reserve.
Junte o molho de soja, mel e o sumo de limão numa tigela. Adicione os vegetais cortados, excepto a cebola, alho e o chilli, e misture tudo até estar combinado.
Aqueça um fio de azeite no wok até estar bem quente, junte a cebola, chilli e o alho e deixe fritar por 40 segundos.
Adicione os vegetais e deixe fritar até estarem tenros mas ainda crocantes. Depois adicione os noodles e envolva bem com os vegetais até estar bem misturado, frite por mais um minuto. Sirva.

Notas:
Usei uns noodles integrais que adquiri no DeliDelux.
Caso não tenham cebola vermelha, podem usar das normais.
É óptimo servido frio no dia seguinte.
Receita adaptada do blog The Good Mood Food Blog.
publicado por Ameixinha às 13:15 | link do post | comentar | ver comentários (49) | partilhar
Domingo, 13.02.11

Salada de brócolos e couscous

Não conheço o blog dela há 5 anos porque a minha entrada na blogosfera é mais recente mas, foi um dos primeiros blogs que comecei a visitar e fui deixando-me ficar por lá. Conheci-a pessoalmente o ano passado, quando ela "rifou" um dos quartos mais bonitos daquele hotel na serra Algarvia. A Laranjinha convida-nos diariamente a entrar no seu Cinco Quartos de Laranja da mesma maneira que me convidou a entrar no quarto das papoilas, para que eu o conhecesse pessoalmente - ou só para me esfregar na cara que tinha ficado a dormir no quarto que eu tanto desejei - e para que lhe desligasse o candeeiro, não fosse ela ter que passar outra noite a dormir com a luz acesa ;)
São 5 anos de blog e ele está cada vez mais fresco, natural, aromático como se fosse uma laranja acabada de colher e pronta para lhe ser retirado todo o sumo. Com 5 anos tão preenchidos surge o desafio da comemoração, felicitar a blogueira - e o querido assistente - pelo objecto do seu trabalho com uma refeição preparada com 5 ingredientes.
Há dias em que sou completamente vegetariana e sei que a Laranjinha também aprecia por isso, deixo estes 5 ingredientes, prontos em 10 minutos. Couscous, "árvorezinhas" e amêndoa algarvia, sugestão recolhida do blog Stone Soup, uma das melhores saladas que provei.

Ingredientes:
1 couve brócolo, cortada em floretes
1/2 chávena de couscous
2 colheres (sopa) de molho de soja
1 colher (sopa) vinagre de Jerez
amêndoa laminada q.b. (opcional)

Leve uma chávena de água a ferver numa panela. Junte os brócolos e cozinhe por 4 minutos.
Remova do lume. Junte o couscous, o vinagre e 2 colheres (sopa) de azeite. Misture para combinar todos os ingredientes. Cubra e deixe repousar por 4 minutos. Mexa o couscous com um garfo. Prove e rectifique os temperos. Sirva com ou sem as amêndoas.

Notas:
A amêndoa é opcional, como não tinha a laminada usei amêndoa inteira que quebrei e salpiquei por cima.
Servi a salada quente mas também pode ser servida fria, fica com os sabores ainda mais destacados.
Não tenho vinagre Jerez, substituí pelo balsâmico.
Pode ser servido como acompanhamento ou prato principal.

Vida longa ao Cinco Quartos de Laranja e boa semana a todos que por aqui passam!
publicado por Ameixinha às 22:45 | link do post | comentar | ver comentários (41) | partilhar
Quinta-feira, 20.01.11

Pizza de vegetais

Somos criaturas complicadas e muito frágeis. Embora o meu estômago peça comida, o meu cérebro sabe que, neste momento, não sou capaz de aguentar certos alimentos. Vontade de comer pizza não me falta - até o meu estômago faz barulhinhos ruidosos como que a pedir algo mais substancioso - mas, no fundo, sei que não me iria cair muito bem. Por enquanto, andamos a sopa e pão depois de alguns dias desgraçados, que nos deixaram a todos de cama cá em casa. Nem vou contar os pormenores sórdidos, porque isso poderia levar os mais sensíveis a nem quererem saber desta pizza. Assim que estivermos restabelecidos, será receita a repetir já que não foi esta receita que nos deixou de rastos :)

Ingredientes:

1 quantidade de massa de pizza

Para o molho:
400 g de tomates frescos ou enlatados
1 dente de alho
2 colheres (sopa) de azeite
2 colheres (sopa) de manjericão ou 1/2 colher (sopa) de manjericão seco
1/2 colher (chá) de açúcar
1/4 colher (chá) de flocos de chili (usei umas gotas de piri-piri com aguardente de medronho)
1 colher (chá) de oregãos secos
sal e pimenta q.b.

Cobertura:
2 pimentos, finamente fatiados
1 cebola, finamente fatiada
125 g de milho
150 g de queijo mozzarella ralado

Preparação:
Faça a massa da pizza e entretanto prepare o molho. Coloque todos os ingredientes numa panela e leve ao lume a ferver, baixe o lume e vá mexendo cerca de 25-30 minutos até o molho engrossar. Ajuste os temperos e transfira para uma tigela para arrefecer.

Transfira a massa da pizza para uma superfície enfarinhada e estenda-a num círculo de 30 cm de diâmetro. Espalhe o molho de tomate e cubra com os ingredientes da cobertura, regue-a com um fio de azeite e leve ao forno pré-aquecido a 230ºC por 10-12 minutos até que a base esteja estaladiça e o queijo derretido.
Sirva quente.

Notas:
Adicionei algumas alcaparras à cobertura e eliminei a cebola fatiada.
publicado por Ameixinha às 15:01 | link do post | comentar | ver comentários (57) | partilhar
Segunda-feira, 13.12.10

Esparguete com courgette e azeitonas

Um dos melhores pratos de massa dos últimos tempos, com um dos meus legumes favoritos. Além do mais, falando de tempos de crise, pode virar um prato de aproveitamento, já que o pão ressesso serve perfeitamente para dar o toque crocante a esta sugestão que encontrei no site da tia Martha.
Uma receita simples, muito prática, saborosa e vegetariana. Quem diria? ;)

Ingredientes:
450 g de massa linguini (usei esparguete integral)
1/4 chávena de azeite
3 dentes de alho, descascados
1 cebola vermelha, finamente picada
4 courgettes médias, cortadas em meias luas
20 azeitonas
1 1/2 colher (chá) de oregãos secos
1/2 colher (chá) de flocos de pimenta (usei 2 gotas de piri-piri de medronho)
1/2 chávena de pão
sal q.b.

Preparação:
Coloque uma panela com água ao fogão e leve-a a ferver. Adicione sal q.b., junte a massa e deixe cozer, segundo as indicações na embalagem.
Entretanto aqueça a frigideira (usei a wok), adicione o azeite e salteie o alho até cozinhar, mexendo ocasionalmente, até que o alho fique ligeiramente dourado, cerca de 3 a 5 minutos. Adicione a cebola e a courgette e cozinhe, mexendo frequentemente, até amolecerem, cerca de 5 minutos. Junte as azeitonas, os oregãos e a pimenta; tempere com sal a gosto.
Escorra a massa, reservando 1/2 chávena da água da cozedura. Junte a massa à mistura da wok e agite para combinar os ingredientes. Se a massa parecer seca, adicione uma colher de cada vez da água reservada, mexendo entre cada adição. Transfira a massa para um prato de servir, salpique com azeite e os pedacinhos de pão; sirva imediatamente.

Notas:
Usei pão caseiro, tostei-o um pouco no forno e desfiz em pedacinhos.
Fiz metade da receita e serve bem duas pessoas.

Boa semana a todos!

publicado por Ameixinha às 00:01 | link do post | comentar | ver comentários (42) | partilhar

mais sobre mim

a possuída moída

Sobrevivo numa selva de hipocrisia, burocracia e cegueira de quem não quer ver. Prefiro não me lembrar da crise de valores que vivemos, mesmo sendo quase impossível esquecer-me disso. Cozinho e como com prazer, mesmo que alguma culpa surja depois. Gosto de andar a pé sozinha, viajar de comboio com um livro na carteira, dizer "Bom dia" com convicção e a sorrir. Ajudar quem precisa é o que me permito fazer sem pensar duas vezes, embora haja muita gente mal-agradecida. Sou adepta da boa disposição, da humanidade e respeito nos serviços de saúde e educação, acredito na capacidade de generosidade e bondade das pessoas que me rodeiam. Entristece-me que, nem sempre, essas capacidades sejam canalizadas quando deveriam. Não gosto das vizinhas coscuvilheiras e de pessoas mal educadas, prepotentes e ocas. Os meus olhos transmitem tudo o resto de mim e são cor da canela. Amo a Fauna e a Flora. Adoro o Outono e as folhas que caem. Não vejo qualquer utilidade em peluches. E a única coisa que é afrodisíaca é o amor.

pesquisar neste blog

 

posts recentes

Posts mais comentados

aqui acontece

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

arquivos

tags

links

subscrever feeds

quantos por cá passaram...