Pão cacto - Kaktusbrot



Felicitações e muitos anos de vida ao Tertúlia de Sabores!!!
Moira, não te piques. Este pão é em tua homenagem :)
É certo que parece que me pico ás vezes, mas juro que não meto prá veia!
Por este pão até atravesso o deserto (estou a delirar, a ter alucinações, mas juro que não snifei nada. Além do mais, não sou eu que ando a fazer tráfico de pó branco!!!), levo com os espinhos e como tudo como se não houvesse amanhã.

O Tertúlia é "como pão para a boca", é o "pão nosso de cada dia", impossível deixar de lá ir! Caso aconteça, até fico de ressaca. É viciante, porque há blogs que são como droga pahhh! Depois não querem que eu diga coisas manhosas! Portanto, quando conheci o blog, tratei de o ver de cima a baixo e, este pão (cliquem para ver como é lindo), bateu-me forte e guardei a receita para fazer. O tempo foi passando e surgiu esta oportunidade para testá-lo. Está feito, provado e aprovado :)
Neste pão, pico-me com muito gosto!



Ingredientes (fiz meia receita, a receita completa está no Tertúlia):
450 g de farinha tipo 65
1,25 dl de leite morno
1,87 dl de água morna
1/2 pacote de fermento para pão
1/2 colher (sopa) de açúcar
1 pitada de sal

leite para pincelar
2 colheres de sopa de pevides de abóbora
2 vasinhos de barro (ainda tive que andar a esfregar o verdete dos meus he he Depois de os lavar em água corrente sem líquido da loiça, mergulhei-os em água a ferver para matar qualquer tipo de germes)

Preparação:
Numa taça, pôr a farinha, fazer um buraco no meio e pôr o fermento, adicionar os líquidos mornos e amassar cerca de 5/10 minutos. Deixe levedar 30 minutos num local aquecido.
Forre 2 vasos de barro com papel vegetal e coloque uma bola de massa grande e depois uma bola de massa pequena por cima. Pincele com leite e espete as sementes/pevides a imitar um cacto.
Leve ao forno por 25 minutos a 220º C.

Se não gostar de meter a mão na massa e tiver a MFP ao pé ou à mão, use-a. É só meter tudo lá dentro, seleccionar o programa "massa"e deixar até ao fim. Depois retire e molde as bolinhas, colocando-as nos vasos.

A massa fica bem aberta e o pão muito fofinho! Feito em forminhas de queques/muffins também deve ficar muito giro a decorar a mesa. Um pãozinho em cima de cada prato e vão achar que estamos em pleno Sahara :)

Só aparece um vaso na foto, porque o outro foi atacado por outro tipo de germes, nós mesmos, habitantes desta casa.
Desculpem as fotos, foi o melhor que consegui!

Bom fim de semana a todos e não se esqueçam que ainda vão a tempo de homenagear o Tertúlia ;)
publicado por Ameixinha às 00:05 | link do post | comentar | partilhar