Bolo de cenoura e gengibre


Às vezes sinto-me como um burro atrás da cenoura, corro e corro para a alcançar e ela está cada vez mais longe. O burro, esse animal em vias de extinção e espécie protegida (basta ver pela quantidade de burros que encontramos no dia-a-dia, é aos pontapés!), que um dia me ia dar um coice tão bem dado no joelho que, se não fosse a minha sorte (apesar de tudo o que tem acontecido!!) eu agora andava como as galinhas, com os joelhos virados para trás :)
Eu, que sou defensora dos animais, que não me queria pôr em cima do burrinho nem dos cavalinhos, lembrei-me de correr atrás de um e ele, muito esperto (de burros não têm nada!) e já chateado com a melga (eu mesma!) que insistia em correr atrás dele... toma lá que aqui vai disto, dá um belo coice, parecia um truque de karaté, que me passou ao ladinho do joelho direito. Eu, incrédula pois tinha o burro como pacífico e amigo, baixei as orelhas (quando um burro fala o outro baixa as orelhas he he) e resignei-me às evidências. Ri-me de nervoso, escapei por um triz mas não voltei a incomodar os burrinhos, aprendi a lição e, agora, só lhes ponho a mão com uma cerca a dividir os espaços.
Agora, os outros burros, aqueles que dão verdadeiro sentido à palavra, a esses gostava de lhes deitar as unhas e fazer uns quantos estragos, até aprendia a dar coices de propósito. Ando a precisar de abanar alguém e uns quantos burros manhosos aliviavam-me o stress :)

Até lá, sou teimosa que nem um burro e continuo a comer cenouras para ganhar força e também para ter uns olhos bonitos ;) Mais uma sugestão de bolo feito com cenoura.
Queriam os burrinhos comer uma fatia destas, acompanhada de natas batidas com duas colheres de açúcar em pó e uma pitada de canela. Arre, burro! Uma delícia :)

Ingredientes:
1 colher (sopa) de manteiga, para untar
225 g de farinha
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de soda
2 colheres (chá) de gengibre em pó
1/2 colher (chá) de sal
175 g de açúcar mascavado (usei 150 g)
225 g de cenouras raladas
2 pedaços de gengibre picados (não usei)
25 g de raíz de gengibre, ralado no momento
60 g de passas sem sementes (não usei)
2 ovos batidos
3 colheres (sopa) de óleo de milho (usei de soja)
sumo de 1 laranja

Cobertura (não fiz, apenas polvilhei com açúcar em pó):
225 g de queijo-creme magro
4 colheres (sopa) de açúcar de pasteleiro
1 colher (chá) de essência de baunilha

Preparação:

1. Unte uma forma redonda e forre-a com papel vegetal.
2. Peneire para uma tigela a farinha, o fermento, o bicarbonato de soda, o gengibre em pó e o sal. Acrescente, mexendo, a açúcar, as cenouras, o caule, a raíz de gengibre e as passas. Noutra tigela, bata os ovos com o óleo e o sumo de laranja. Acrescente os ingredientes secos e misture.
3. Deite a mistura às colheradas na forma anteriormente preparada e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC, durante cerca de 1 h até que um palito, quando inserido no centro, saia limpo. Deixe-o arrefecer na forma.
4. Para preparar a cobertura, coloque o queijo-creme numa tigela e bata-o suavemente. Acrescente o açúcar de pasteleiro e a essência de baunilha. Misture bem.
5. Desenforme o bolo e barre a cobertura por cima. Decore com cenoura e gengibre ralados e sirva.

Receita retirada do livro "Tartes, tortas e biscoitos" da Parragon Books.

Há umas semanas falei do livro do Alessander, hoje é a sugestão literária da Academia, está aqui. Passem para conhecer e, caso se interessem, encomendem o livro. Vale a pena :)
Bom fim de semana!!!
tags:
publicado por Ameixinha às 14:40 | link do post | comentar | partilhar