Bolo de banana


Já a tinha visto no Botânico uns dias antes. Enquanto descia a rua vindo da faculdade de Letras, lembrava-se sempre da figura à sombra de uma daquelas árvores centenárias em dias de muito sol e calor, quando ela mostrava mais um bocadinho da pele pálida num corpo esguio e moderno. Passava despercebido e sabia-o. Não era como alguns dos colegas de curso que davam nas vistas e, mesmo os que não davam, sabiam fazer-se notar nas noites de festança e convívios. Enfiava-se num canto a observar, uma espécie de mirone tal como a velha Cabra que vigia sobre as almas dos que passam defronte da Joanina. Ela não era uma turista, não. Trazia livros e fotocópias soltas que pareciam ser estudadas meticulosamente sem que nada a fizesse levantar os lindos olhos e vaguear pelo espaço verdejante. Se tivesse que ser pago um bilhete de entrada, ela passaria a desembolsar a quantia que fosse só para visitar aquele espécime raro. Mas ela deixou de aparecer e ele foi encontrá-la umas semanas depois, ali, na mesma linha, na mesma carruagem, entre centenas de pessoas. Uma, duas, três vezes. Interpretou aquilo como um sinal e achou que poderia ser a última vez que a via. Já que pagou bilhete e já, encheu os pulmões de ar e com toda a sua filosofia, depois do comboio parar e de deixar que todos saíssem, aproximou-se e disse-lhe que ela era de uma beleza maior que a maior sequóia do Jardim. Ela agradeceu e, enquanto encontrava o caminho para casa, olhou para trás com receio que ele ainda estivesse a vê-la. Ele achou que era um banana, nem o número lhe pediu nem disse que o jardim tinha perdido metade da sua beleza desde que ela levantou raízes e o deixou meio despido.


Ingredientes:
2 colheres (sopa) de manteiga
1 1/2 chávena de açúcar
2 1/2 de farinha
1 colher (sopa) de fermento
1 1/2 chávena de leite
bananas q.b. (cerca de 2 ou 3)
açúcar e canela

Preparação:
Bater em creme a manteiga e o açúcar. De seguida, juntar o fermento e a farinha devidamente peneirados juntos e ir alternando com o leite. Quando ficar uma massa lisa, porém um pouco mais pesada que massa de bolo, coloque na forma untada e enfarinhada. Sobre a massa fatie bananas e polvilhe com açúcar e canela. Asse em forno moderado até dourar.

Notas:
Diminuí a quantidade de açúcar para 1 chávena.
O bolo não leva ovos. 
Receita retirada do blog Ora Pitangas!!!

Bom fim de semana.
tags: ,
publicado por Ameixinha às 20:59 | link do post | comentar | partilhar