Bolo molhado de limão


Verdes são os campos da cor do limão
Perdoem o Camões que ficou de olho na mão.
Aqui o limão é bem amarelinho
O bolo ficou fresco, leve e molhadinho :)

Há dias em que nada mais pode ser dito, acrescentado ou inventado. A verdade vale mais que muitas imagens, incentivos, pedidos esclarecidos de que podem e devem fazer este bolo. Este é especial, só para quem tem esse gosto particular que os distingue de todos os outros comuns mortais. Este é para os adoradores de limão, inclusive o Camões que os enxergava, verdes, mas enxergava :)

Ingredientes:
2 limões grandes
60 g de farinha
1 pitada de sal fino
180 g de açúcar
3 ovos grandes, separados
2,5 dl de leite
manteiga para untar

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC. Raspe 1 colher (sopa) de casca limão e esprema 6 colheres (sopa) do sumo. Misture a farinha, o sal e 1/2 chávena de açúcar numa tigela grande.
Noutra tigela, misture as gemas, o leite, a raspa e o sumo de limão. Junte à mistura de farinha. Mexa.
Bata as claras em flocos, junte o restante açúcar e bata até as claras ficarem firmes. Bata cerca de 1/4 das claras com o preparado anterior e incorpore depois as restantes, sem bater.
Deite a massa numa forma untada e leve ao forno, em banho-maria, até o bolo ficar fofo e dourado (cerca de 45 minutos). Desenforme e sirva morno.

Notas:
Usei uma forma de buraco, untei-a com Spray Espiga. Diminuí a quantidade de açúcar para 150 g, achei suficiente.
A receita é da Revista "Boa Mesa" nº 10 de 2004.
A parte inferior do bolo, depois de desenformado, fica leve e fofa, o topo fica "apudinado". Sugerem que se sirva morno mas eu preferi à temperatura ambiente.
Para que fique esclarecido, eu sei que há limões verdes e que os limoeiros são verdinhos ;)
publicado por Ameixinha às 11:20 | link do post | comentar | partilhar