Bolo de café e pecãs

Sentem-se e apreciem a viagem que o post vai ser longo :)






A foto não ficou boa mas o bolo vale a pena. Ele fica pequeno e, por isso, é óptimo para servir com um café ou um chá, para quem preferir, e acabar logo com o bolo comendo umas quantas fatias.
Como eu tenho adoração por nozes pecãs eu tive de testar esta receita. Ela pedia como cobertura um glacé de café mas eu achei demasiado forte e não quis tornar o bolo muito pesado. Quem tem verdadeira adoração pelo café, não pode deixar escapar esta receita ;)
Foi retirada do livro "Bolos - Rápidos e saborosos" da Anne Wilson

Ingredientes:
1/4 de chávena* de grãos de café expresso finamente moídos
3/4 de chávena de água a ferver
2 chávenas de farinha de trigo com fermento (usei 1 de farinha normal e 1 de farinha integral)
1/3 de nozes pecãs finamente cortadas
150g de manteiga sem sal (usei com sal)
3/4 de chávena de açúcar amarelo
2 ovos ligeiramente batidos

*Chávena = 240 ml (eu uso a medida da chávena da MFP, no livro corresponde a 250 ml)

Preparação:

1. Aqueça previamente o forno a 180ºC. Unte duas formas de 26x8x4,5 cm (eu usei uma redonda sem buraco) com manteiga ou óleo. Forre a base e os lados do papel. Unte o papel. Misture o café e a água numa tigela pequena. Deixe repousar durante 15 minutos. Coe, reserve o líquido e deixe arrefecer.
2. Peneire a farinha para uma tigela grande. Adicione as nozes pecãs. Faça um buraco no meio.
3. Derreta a manteiga e o açúcar num tacho em lume brando e mexa até o açúcar se dissolver. Retire do lume. Misture os ovos com o café líquido reservado numa tigela pequena.
4. Junte as misturas da manteiga e dos ovos aos ingredientes secos. Usando uma colher de pau, mexa até misturar. Não bata demasiado.
5. Distribua a mistura uniformemente pelas formas/forma. Alise a superfície. Coza durante 35 minutos ou até que um palito saia limpo quando inserido no meio do bolo. Vire sobre uma rede de arame para arrefecer.


Se quiser pode decorar com um glacé de café e nozes pecãs. Para tal deve usar os seguintes ingredientes:

1 chávena de açúcar em pó
1 colher de chá de café em pó instantâneo
10 g de manteiga sem sal
1-2 colheres de sopa de água

Misture o açúcar com o café, a manteiga e o líquido numa tigela pequena à prova de calor para formar uma apsta firme. Coloque a tigela sobre uma panela com água a ferver lentamente e mexa até a cobertura ficar lisa e brilhante. Retire do lume e espalhe a cobertura pelo bolo. Decore com nozes pecãn.
Nota: Pode usar uma colher de sopa de café instantâneo em pó em vez dos grãos moídos.




A Téia queridíssima como sempre, atribuiu-me este selo que prentende homenagear as amizades, mesmo as virtuais :) Temos que passar o desafio e eu vou passar às cinco primeiras blogueiras que comentaram o post anterior. É a maneira mais fácil que tenho de fazer isto e, por acaso, são cinco meninas por quem eu tenho grande estima e amizade! Como eu costumo dizer, só pega no selinho e coloca no blog quem quiser fazê-lo.

Luísa Alexandra

Margarida

Mari Azevedo

Moranguita

Martuxa


E hoje de manhã estava a chegar a casa e dei de caras com a minha carteira. Sacou de uma encomenda e eu perguntei se era para mim. Desconfiada ela disse que não sabia e perguntou: "Canela Moída?" e eu disse "Sim, é para mim!". A senhora deve achar que eu ando mesma metida nalgum negócio obscuro. Tenho nome de código e tudo he he

O que é certo é que eu também fiquei desconfiada com aquilo, normalmente quem me quer enviar alguma coisa pergunta o meu nome verdadeiro. Esta encomenda trazia "Canela Moída, Ameixa Seca" :) De quem seria o embrulho? Só quando vi o remetente é que percebi porque tinha este nome de código he he

Ó Cenourita Maria, mas tu pertences à CIA, FBI, NASA, MIB, PIDE ou quê? Como é que soubeste a minha morada?

A Cláudia M. diz que tu és linda... tu és mais que linda!!! Tu mereces um altar de tanta acção benemérita que fazes :) Qual São Martinho que deu metade da capa ao pobre, tu distribuis caxecóis enquanto chove, cai neve e faz frio. És um espectáculo mulher :) Muito obrigada pelo carinho, pela lembrança e pelas lindas palavras dirigidas à minha pessoa!

Vejam bem a categoria do embrulho. Esta miúda tem muito bom gosto :)
E o postal? O postal é um miau em veludo, atentem no pormenor do veludo para eu passar a mão no "pêlo" do bicho :)
E no meio deste caxecol fabulástico vinha um saquinho aromático que cheira a quê? Canela pois claro! A Cenourita vai ao pormenor do pormenor :) Não são lindos?


O Matias queixa-se que está muito frio e, está-se bem é em cima da cama a dormir junto do sapo :)
Eu vou enfiar o caxecol made in Tasca da Cenourita e enfrentar o frio deste fim de semana :)


Em nome dele, do Luísinho e do Zézinho desejo a todos os visitantes um bom fim de semana e abracinhos :)

tags: ,
publicado por Ameixinha às 15:30 | link do post | comentar | partilhar