Sexta-feira, 27.02.09

Caril de Frango


Há algum tempo recebi uma encomenda com uns produtos que não são fáceis de encontrar neste fim do mundo. Este sítio que fica num vale e, que muitos dizem ser, um sítio por onde nem Judas passou! Qualquer dia sou excomungada pelo Bentinho (não é o Paulo Bento*, esse está de ressaca depois de rezar Cinco Pais-Nossos).

Eu acredito que Deus tem sentido de humor, portanto estou à vontade para dizer algumas brincadeiras. Não pretendo ofender ninguém com isto, mas eu fui expulsa pelo padre da minha freguesia, tenho direito de dizer que não creio nesta instituição e nas pessoas que a comandam.

Porém, a minha fé permanece inabalada, e confio nas pessoas boas que se prestam a ajudar quem necessita e quem não tinha pó de curry ou fios de açafrão como eu he he

Não há melhor forma de homenagear alguém do que fazer uma receita que tenha sido publicada no seu blog. E eu peguei nesta receita e tentei reproduzi-la. Como não tenho bimby (como uma amiga Uruguaia diz: só temos bimby dos pobres que é a MFP he he) fi-la de modo tradicional e acho que ficou espectacular! A repetir muitas vezes :)

Ingredientes:
1 frango cortado em pedaços
30 g de azeite
2 cebolas
2 dentes de alho
1 red chilli fresco (usei uma colher de chá de curry)
200 g de leite de coco
100 g de leite magro
1 colher de chá de açafrão
Sal e pimenta
Salsa picada

Preparação:
Aqueça o azeite no wok, introduza o frango partido e cozinhe até alourar. Junte a cebola e o alho picado, deixe refogar. Polvilhe com o caril, envolva bem e tempere com sal, o açafrão e a pimenta. Acrescente o leite de coco e o leite magro. Deixe cozinhar em lume brando e rectifique os temperos.
Para reduzir o molho, retire todos os pedaços de frango e passe com a varinha mágica.
Decore o prato com a salsa picada por cima do molho.

Dicas-Sirva com arroz branco. Se o molho ficar líquido ligue-o com um pouco de farinha (eu não precisei).

Nota: Para me redimir dos meus pecados, hoje comi peixinho, ok? Mas cá em casa ninguém liga a isso. Pecado é comer demasiado. Jejum é não comer nada e isso é anorexia :)

A Nana passou-me um desafio que consiste em dizer três coisas que eu mais gosto e três coisas que eu não gosto nada!
Assim eu vou aproveitar para revelar as verdades e mentiras do desafio anterior.

.A minha parte favorita dos frangos são as asas. Verdade, gosto muito das asitas :)
.Não gosto mesmo nada de gelatina. Só de ver aquilo tremer assusto-me. Verdade, odeio gelatina, nunca gostei! Faço doces com gelatina em pó e folhas de gelatina mas aquela que é feita só com água e que se mexe toda, eu não consigo comer que me dá os tremeliques ;)
.Estive noiva mas não cheguei a casar. Falso!!! Será possível alguém ter acreditado nesta? Mesmo que eu tenha dito tantas vezes que a mim ninguém me leva? he he
.Tudo que for papas, estilo cerelac/milupa e etc., dá-me náuseas. Verdade. Odeio, acho nojento e nem o cheiro eu aguento! Um dia que tenha filhos não sei como vai ser. Passam para o colo de outro alguém porque eu também odeio o leite branco!
.Prefiro comer doces do que salgados. Falso! Prefiro comer salgados mas adoro fazer docinhos!
.Adoro o cheiro de alho. Verdade, corto os alhos e não me preocupo com o cheiro que fica! Acho que é por isso que nenhum gajo se aproxima de mim. Será? :)
.Tenhos dois irmãos, eu sou a gaja do meio que é onde está a virtude :) Verdade. Somos três, a conta que Deus fez! E eu sou a do meio.
.Adoro andar descalça. Falso. Odeio andar descalça e nem no Verão o faço. Parece que tenho um ar condicionado que vai dos pés à cabeça num instantinho.
.Gosto de vermelho. Verdade! Gosto muito de tudo que seja vermelho, menos o clube! Mas esse é de um vermelho muito pálido he he

Acho que respondi ao desafio da Nana!
Bom fim de semana!

Ps.: Os meus posts não são escritos de propósito para dizer estas coisas, não são posts pensados ou estudados. Tudo o que surge depende daquilo que me passa pela cabeça no momento! Sei que a religião é um assunto sério e não escrevo para ofender ninguém! É apenas o meu ponto de vista e eu respondo apenas por mim!
*Para quem é brasileiro entender melhor o que eu disse, passo a explicar que Paulo Bento é o treinador de futebol do Sporting Clube de Portugal e tiveram um bocadinho de azar no último jogo!
publicado por Ameixinha às 18:15 | link do post | comentar | ver comentários (65) | partilhar
Quarta-feira, 25.02.09

Muffins de Muesli

Gosto de bolinhos individuais, posso levá-los comigo para onde bem entender. Acho que sou a típica portuguesa que anda com o farnel atrás he he Só me falta o garrafão de tintol!!!

Mas assim não gasto dinheiro e sei o que estou a comer. Na minha carteira andam sempre umas bolachinhas ou uns bolinhos para petiscar quando estou fora de casa.

Tinha um pacote de muesli que saiu muito doce e não gostei de o misturar no leite. Socorri-me do livro de muffins da Cordon Bleu e desencantei esta receita fazendo algumas alterações.

Ingredientes:

150 g de farinha auto-levedante de trigo

75 g de farinha integral auto-levedante

100 g de muesli tostado

115 g de açúcar mascavado (usei 90g)

85 g de passas (não usei e substituí por 1 maça cortada aos quadradinhos)

250 ml de leite

2 ovos

1 pitada de canela (acrescentei eu)

100 g de manteiga sem sal derretida

75 g de muesli tostado, como cobertura


Preparação:

1. Pré-aqueça o forno a 210ºC (Gás 6-7). Unte um tabuleiro para 12 muffins (capacidade de 125ml) com manteiga derretida ou óleo (usei papel frisado para queques, assim não é preciso untar as formas). Peneire as farinhas para dentro de uma tigela, juntando também os restos de fibras que tenham ficado na peneira, e misture com o açúcar, a canela, o muesli e as passas (eu juntei a maçã). Faça uma cova no centro.

2. Bata os ovos com o leite e deite na cova que fez nos ingredientes secos, juntamente com a manteiga. Mexa com uma colher de metal até os ingredientes estarem combinados. Não mexa demasiado - a mistura deverá ficar com grumos.

3. Encha as formas até cerca de três quartos com a massa. Espalhe o muesli restante sobre os muffins e leve ao forno durante aproximadamente 20 minutos ou até que um palito saia limpo. Deixe-os na forma durante 5 minutos, antes de os retirar e colocar sobre uma rede, para arrefecer. Estes muffins são deliciosos ainda quentes com manteiga (isto é o que diz no livro, eu não precisei da manteiga!).

A maçã deu a humidade necessária para que não fiquem ressequidos! Gostei muito.


Agora gostava de desafiar quem me visita a participar desse grandioso projecto que une o Brasil e Portugal num carnaval de sabores e de partilha!

Aqui encontram as regras para participar, façam-nos uma visitinha e vejam as novas receitas que por lá andam!

Seria um prazer se quisessem participar, uma honra para nós que partilhamos tanto, não é só a língua portuguesa, é também a boa comida, a simpatia e a amizade que temos aqui na blogosfera.

Não é difícil, não dói, não gastam mais dinheiro por isso, mas podem criar laços uns com os outros, provar comidas diferentes, viver uma aventura culinária, pegar o pau (aiiii!) pela mão e ameaçar esbarrá-lo contra a parede, caso custe muito a cortar (acho que esta só acontece comigo, né? Adiante...), sair da rotina e saborear o produto desta fabulosa experiência.

Nunca ninguém disse que não tinha gostado de participar, temos blogueiras que já participaram uma segunda vez e que querem continuar a participar. É preciso dizer mais alguma coisa? Prometo que não se vão arrepender, é só seguir as regras e deixar-se levar neste desafio saboroso!
Para informações, inscrições, saudações, descrições - vou parar por aqui porque já me lembrei de coisas que não podem ser ditas he he - contactem-me a mim ou à Nana ou enviem mail para intercambioculinaria@gmail.com
publicado por Ameixinha às 08:00 | link do post | comentar | ver comentários (59) | partilhar
Domingo, 22.02.09

Portobelos recheados



Aqueles que, como eu, têm poucas possibilidades para adquirir determinados produtos alimentícios, ficam a ganhar quando vão ao Modelo (único hipermercado em que vejo acontecer tal coisa) e encontram esses mesmos produtos a baixo custo. Isso acontece porque se está a aproximar o prazo de validade, mas é um prazo que não termina já amanhã. Alguns de vocês devem pensar que, mais um bocadinho, e estou a recolher restos do caixote do lixo! Mas comprar estes produtos nestas condições (excelentes!) é a única maneira de provar coisas que nunca tinha comido!



E devem saber que estes cogumelos grandalhões são tudo menos baratos! Vai daí, não pensei duas vezes em trazê-los comigo e resultaram numa refeição cheia de categoria.



Mais uma vez encontrei inspiração aqui e adaptei aos ingredientes que tinha em casa! É uma entrada perfeita mas resolvi fazer dela um prato principal.



Ingredientes para 4 pessoas:



4 cogumelos portobelo

1 cebola

2 dentes de alho

50g de margarina ou manteiga

Azeite

2 chouriços (usei bacon)

sal

pimenta preta de moinho

1 colher de sopa de colorau doce

1 colher de sopa de salsa picada (usei oregãos frescos)

queijo q.b.



Preparação:

Lave e enxugue muito bem os cogumelos.

Corte um pouco de papel de alumínio que dê para colocar os cogumelos e pincele com manteiga líquida.

Retire os pés aos cogumelos e escave um pouco a polpa. Pique finamente a polpa e os pés e coloque as copas na folha de alumínio. Ligue o forno e regule-o para os 220 °C.

Descasque a cebola e os dentes de alho e pique-os finamente. Derreta a margarina com azeite numa frigideira larga, junte a cebola e o alho picados e deixe cozinhar até a cebola começar a alourar. Nessa altura junte os pés dos cogumelos picados e salteie até a água que libertarem se evaporar.

Entretanto, tire a pele aos chouriços e pique-o finamente na picadora. Junte o chouriço aos cogumelos e misture bem. Tempere com sal, se for necessário, e com pimenta acabada de moer. Polvilhe com o colorau e misture bem. Retire do lume, deixe arrefecer um pouco e perfume com a salsa picada/oregãos.

Distribua o recheio pelos cogumelos, cubra com queijo, polvilhe com mais oregãos e leve ao forno durante cerca de 20 minutos.

Acompanhei com massa cozida em água e sal.







A Turmalina passou-me este selo da amizade. Agradeço-lhe muito e retribuo o selo, porque ela merece! Ela diz que este blog é "todo o ardido e a doçura da canela que ela (Eu) mói". É uma bela frase e acho que é bem verdadeira. Apesar de, às vezes, ser mais ardido do que doçura he he



Eu teria que passar a 8 blogs, mas é difícil distribuir amizade a tão poucos blogs. Há pessoas por quem tenho muita amizade e nem as conheço, mas gostava que sentissem a minha amizade sem ser através dos selos. Um dia quando conhecer essas pessoas, espero que sintam tanta amizade por mim como eu por elas :)


E apesar das cenas que se seguem eu tenho eterna amizade, muitas vezes paixão, pelos animais. Adivinhem quem eu encontrei ontem, com este ar majestoso, na floreira do manjericão?


Ahhh pois é, mais do mesmo... o artista de sempre. Ontem fulminou-me com este olhar altivo :)




Bom Domingo a todos e bom Carnaval!


publicado por Ameixinha às 13:00 | link do post | comentar | ver comentários (70) | partilhar
Quinta-feira, 19.02.09

Flan fresco


Há algum tempo a STA enviou-me uns pacotinhos de cuajada. Coisa que eu nunca tinha visto à venda por cá! Decidi experimentar uma das receitas dela, não há melhor homenagem do que fazer a receita de uma blogueira, em forma de agradecimento pela simpatia e disponibilidade de enviar o produto :)

De entre as receitas dela, decidi experimentar o Flan Fresco que ela disse que gostava muito! Uma receita descomplicada, simples e rápida de fazer. O melhor de tudo é que este flan não precisa de ir ao forno, é só um bocado de fogão para engrossar e depois vai ao frigorífico. Solidifica muito depressa e está pronto a comer num abrir e fechar de olhos!

Vou tratar de experimentar outras receitinhas com este pózinho vindo das Espanhas. Eles estão a tomar conta de nós... mais um bocadinho e viramos província españuela. Tenho a sensação que estaríamos bem melhor! Será?

A foto está má porque foi tirada num daqueles dias em que a chuva insistia em cair e a luz era inexistente! Por isso, peço um desconto :) Na parte de cima dá para notar (mal) que tem uma estrela. A minha forma é assim mesmo!

Ingredientes:
4 ovos
200 gr de açúcar
700 gr de leite
2 pacotes de cuajada
caramelo q.b.

Preparação:
Colocar os ovos e o açúcar numa tigela e bater. Juntar o leite e a cuajada e levar ao lume até engrossar. Verter para uma forma caramelizada e levar ao frigorífico até solidificar.
A receita da STA foi feita na bimby, podem ver aqui.

Eu sei que uma blogueira me ofereceu um selo, mas ela não deixou aviso aqui no blog. Eu ontem deixei comentário no blog dela, mas como já estou velha, eu não me lembro quem foi :)

Peço desculpa, mas são tantos blogs que visito que fica um bocadinho complicado! Quem for que me avise para eu publicar, ok?

Agora, outro assunto: havia gente que achava que a salsa não crescia em minha casa, porque dizem que ela não cresce na casa de invejosos. A minha mãe diz que ela cresce bem na casa dos raivosos. Vá-se lá entender esta sabedoria popular!

Eu entendi há poucos dias que ela não cresce devido a este fenómeno da natureza:




E esta hein?
:)
publicado por Ameixinha às 18:45 | link do post | comentar | ver comentários (53) | partilhar
Terça-feira, 17.02.09

Bróculos com Pleurotos


Não, esta não segue a onda veggie mas pode perfeitamente seguir. É só eliminar o bacon ou substituí-lo pelos enchidos vegetarianos :)
Se há coisa que eu gosto de comer são cogumelos. São os únicos fungos que eu admito na minha cozinha ;)
Ainda não tinha provado pleurotos mas quando os vi em promoção, agarrei numa caixinha deles sem saber o que faria com aquilo. Pesquisei e encontrei aqui.
Fiz algumas modificações porque não queria usar natas e acho que ficou melhor assim, mais saudável pelo menos!

Ingredientes:
300 g de bróculos
vinagre (não usei)
150 g de cogumelos pleurotos
70 g de Vaqueiro com Alho (usei margarina vaqueiro normal)
50 g de bacon aos quadradinhos
sal
pimenta de moinho
2 dl de natas (não usei)

Preparação:
Separe os bróculos em raminhos, lave e deixe-os de molho em água acidulada com vinagre (cozi-os ao vapor com uma pitada de sal). Escorra e passe por água fria. Lave os cogumelos e corte-os em bocados. Derreti a margarina numa frigideira, juntei o bacon cortado em bocadinhos e os cogumelos e deixei saltear sobre lume forte até a água que libertam se ter evaporado. Juntei os bróculos, temperei com sal e pimenta, moída na altura. Regue com as natas e retire do lume assim que levantar fervura (não usei).

Esta receita é supostamente uma entrada. Mas eu servi com massa esparguete e todos que comeram gostaram. É para repetir muitas mais vezes e para a próxima vou colocar pimentos, porque eu adoro :)


A Janeca e a Anna passaram-me um desafio que consiste em:
Você diz 9 coisas aleatórias a seu respeito, não importando a relevância.
Tendo de ter 6 verdades e 3 mentiras.Quem receber o meme, deverá postar 3 mentiras do blogueiro que lhe passou o Meme, neste caso tenho de descobrir quais as mentiras da Janeca.
O blogueiro poderá ou não revelar se acertou !
Aqui estão as verdades e as mentiras:

.A minha parte favorita dos frangos são as asas.
.Não gosto mesmo nada de gelatina. Só de ver aquilo tremer assusto-me.
.Estive noiva mas não cheguei a casar.
.Tudo que for papas, estilo cerelac/milupa e etc., dá-me náuseas.
.Prefiro comer doces do que salgados.
.Adoro o cheiro de alho.
.Tenhos dois irmãos, eu sou a gaja do meio que é onde está a virtude :)
.Adoro andar descalça.
.Gosto de vermelho.

Acho que as mentiras da Janeca são:
- Só compro as minhas malas e sapatos em Itália (se vais a Itália e não passas por cá para me fazer uma visita, não te perdoo)
- Sou motar (acho que não és, senão já tinhas agarrado na mota e vindo fazer-me uma visita)
- Sou colecionadora de selos (se fosses já tinhas colado um selo em ti mesma, metias-te no Correio Azul e vinhas cá para a casa para me fazer uma visita)

Eu não sei se são estas, a de os teus olhos mudarem de cor conforme o que vestias é bem possível :) Resta saber é de que cor ficam quando te despes (vou levar uma palmada por causa desta, não vou?)

As da Anna são:
- Detesto peixes e mariscos (mentirosaaaa, quem te visita sabe que é tudo menos verdade!)
- Percebo imenso de vinhos (gostavas, assim como eu, de perceber. Mas não entendemos nada acerca disso)
- Sou filha única e muito mimada (eu sei que tens pelo menos um irmão)

Acertei?

E agora como isto só faz sentido se eu passar a alguém, cá vai:






publicado por Ameixinha às 00:01 | link do post | comentar | ver comentários (65) | partilhar
Sábado, 14.02.09

Panquecas de frutas


Diz que hoje é dia dos namorados :)

Há alguma coisa mais apropriada para festejar este dia do que umas belas panquecas? Só o nome já diz tudo! Esta receita não foi feita propositadamente para este dia... não tenho paciência nenhuma para estes festejos pagãos. Mas ao pesquisar as receitinhas que ainda tenho para publicar encontrei estas panquecas e achei que, pelo menos, ia ser divertido publicar umas panquecas neste dia dedicado a esse mui nobre sentimento chamado Amor!

Ele - "Ó amorzinho quero dizer-te que gosto muito de ti! Vai uma panqueca?"
Ela - "Não querido que isso engorda!"
Ele - "Quem disse isso? Engorda nada, não sejas assim, acreditas em tudo que te dizem! Anda lá... esta panqueca tem bananinha e eu sei que tu gostas tanto :)"
Ela - "Então se calhar aceito, mas só como a fruta está bem? :)"
Ele - "Era mesmo isso que eu queria ouvir! he he "

Agora digam-me lá se alguém no seu perfeito juízo há-de querer levar alguém como eu? Depois deste diálogo manhoso... até eu não seria capaz de me aturar a mim mesma :)

Adiante! Retirei a receita da revista Delícias da Culinária Nº 10, num tópico dedicado aos Crepes. Mas eu gosto mais de comer panquecas (aiiii a Luxúria que me está a desgraçar!) e fiz numa frigideira mais pequenina!


Ingredientes:
3 chávenas (chá) de leite
1/2 chávena (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de essência de baunilha
2 ovos
1/2 chávena (chá) de óleo
1 colher (chá) de fermento em pó
3 chávenas (chá) de farinha de trigo (usei 2 de farinha de trigo e uma de farinha integral)

Recheio:
5 chávenas (chá) de frutas frescas a gosto picadas (usei quivi, maçã e laranja)
Sumo de 1 limão
1 chávena (chá) de açúcar (usei 1/2)
Chantilly a gosto para acompanhar (não usei porque não gosto)

Numa tigela, misture os ingredientes do recheio e reserve.

No liquidificador, bata os ingredientes da massa e frite porções numa frigideira anti-aderente. Escorra as frutas reservadas numa peneira, para eliminar o líquido que se formou. Recheie as massas e dobre ao meio. Como não gosto de chantilly reguei as panquecas com um pouco da calda das frutas.



Dá para cerca de 15 panquecas/crepes que ficam muito fofinhos. Não comi todas com fruta e se quiserem comer algumas simples aconselho a diminuir as doses de recheio.

A massa dá para guardar no frigorífico. Estas já fiz há algum tempo, umas comi de tarde e outras fiz para o pequeno-almoço do dia seguinte :)

A Cenourita da Tasca do costume desafiou-me a fotografar a porta do frigorífico cá de casa. Ora aí está! O único apetrecho da portinhola é este íman que as irmãs Marques me enviaram :) Tenho só mais um íman que veio del México mas está guardado para quando eu tiver um frigorífico só meu... Sabe-se lá quando isso vai acontecer :) Este cestinho do pão é para lembrar aos habitantes deste lar que "Quando não há pão, todos ralham e ninguém tem razão". Como sou eu que estou aos comandos da MFP ainda não tem faltado nada hi hi


E agora vou passar este desafio a:

Noémia

Karoline

Mónica

Mary

Cláudia M.

Claúdia Lima

Lete

Kláudinha

Neyma

Paula

Bom fim de semana a todos e gozem muito... cuidado com as gulas, luxúrias e afins :)

tags:
publicado por Ameixinha às 12:15 | link do post | comentar | ver comentários (66) | partilhar
Quarta-feira, 11.02.09

Farofa de bacon



Depois dos dias de chuva intensa e da ventania desalmada, depois da neura de ontem com o blog, nada melhor que festejar o sol e o bom tempo do que uma bela farofa com feijão :)

Eu hoje até parecia que tinha ido parar ao Brasil com o calorzinho que cá fez, dei corda às botas e fui fazer uns km a pé para descomprimir!
Desde que provamos comida brasileira cá em casa, que não queremos outra coisa... ele é feijão, ele é mandioca (farinha e pau, salvo seja!), só não entramos na caipirinha senão ainda ficamos mais alucinadas do que o que já somos, e isso não convém!

A farofa com feijão é um prato bastante simples de fazer e muito versátil. Desta vez decidi experimentar a receita que vinha na parte de trás do pacote de farinha de mandioca. Não ficou bom, ficou espectacular ;)

Ingredientes:
Farinha de mandioca
200g de toucinho fumado (bacon)
2 ovos
2 colheres de manteiga ou margarina
1 cebola ralada
salsa e cebolinha picadas (usei apenas salsa)
meio pimento verde (acrescentei eu)
1 lata pequena de cogumelos laminados (acrescentei eu)

Preparação:
1. Frite o bacon, os cogumelos, o pimento e a cebola na manteiga até ficar corado.
2. Acrescente os ovos levemente mexidos, a salsa e a cebolinha picadas. Mexa para incorporar.
3. Adicione farinha de mandioca aos poucos, mexendo sempre, até obter uma farofa solta.

A receita do feijão preto que eu faço está aqui.

E agora vou responder ao desafio que a minha querida me passou. Isto foi para me picar de certezinha, para ver como é que eu ia safar-me desta. É que o desafio consiste em falarmos dos pecados capitais... admitir se somos santas ou pecadoras, se somos verdadeiramente possuídas como alguns pensam he he No meu ponto de vista, eu acho que querem é dar uma de padrecos e ouvir/ler as confissões do pessoal :)

Eu vou entrar no jogo e fazer a vontade, mas nem era preciso... já meio mundo sabe que eu fui expulsa da igreja pelo padre da minha freguesia he he Resumindo: se os Padres têm essa relação que dizem ter com Deus, o que me expulsou já deve ter metido uma cunha e eu vou direitinha para o Inferno.

O bom disto tudo é que vou encontrar muitos de vós lá he he Até jáaaaaa :)

As regras são:
Postar sobre a nossa relação com os pecados capitais
Nomear oito blogs para responder ao desafio (sou muito pouco vocacionada para ouvir confissões e estou habituada a que me paguem para isso he he, não vou passar a ninguém)

Gula - Tenho uma óptima relação com ela... somos grandes amigas do peito, neste caso, amigas de estômago!

Ira – Eu sou irada por natureza! Sou mesmo, fervo em pouca água (sou uma espécie de chaleira, só não assobio porque não sei he he) quando me tiram do sério! Não sou capaz de engolir sapos, de ter uma úlcera nervosa, de ficar deprimida só porque há gente que não tem o minímo de respeito pelos outros. Tenho ódio de certas coisas, situações e até pessoas, porque há muita gente má nesse mundo fora! Ainda não contei que já fui a tribunal e sentei o rabiosque no banquinho dos réus, pois não? Bem... fica para outra oportunidade! Não se metam comigo que eu não sou boa peça he he

Avareza- Eu cobiço um salário ao Governo. Mas os gajos parece que são mais avarentos que eu e não querem dar nem um tostão. Sou despegada de bens materiais mas ninguém anda nú, nem vive de ar e vento, certo?

Inveja - Então não tenho? Tenho inveja de certas pessoas que parece que nasceram com o rabiosque virado para a lua. Gostava de ter o mesmo que eles têm e isso não é, obrigatoriamente, mau nem pecaminoso. Pode até impulsionar a nossa motivação a conseguir o que tanto desejamos.

Soberba/Orgulho – Tenho orgulho em certas coisas que consegui, em determinados gestos que faço, em ser a pessoa que sou. Mas não é esse orgulho que me faz perder a humildade. Esse orgulho faz-me ter a auto-estima necessária para me sentir bem comigo e com os outros!

Luxúria – Cada vez menos, a idade pesa e as hormonas vão definhando he he Mas prevejo muita luxúria no sábado, né? Eu cá vou estar em paz, já me bastam as proteínas aos pulos :)

Preguiça – De vez em quando tenho muita preguiça. Quando andei no primeiro ciclo, no 2º ano, tive uma professora fabulástica (tipo bruxa má) que disse que eu tinha preguicite aguda :) Mas a senhora tinha um filho de 4 anos que só comia se fosse ela a meter-lhe a comidinha na boca! Resultado: eu saí dessa escola, não reprovei nenhum ano mas ela, passado uns anos, foi expulsa. Cá se fazem cá se pagam! Aguda não tenho... se calhar é grave :) Mas nunca deixo nada por fazer!


Pronto, já sabem mais um bocadinho de mim. Quem é que vai tomar um cházinho comigo lá para os lados do Inferno?
publicado por Ameixinha às 21:15 | link do post | comentar | ver comentários (59) | partilhar

Descobri o problema!!!

Lembram-se do selinho que eu disse que era parecido com a águia depenada e que tinha publicado no post da compota de abóbora. Era esse que estava a causar o problema!!! Tive que o retirar!
Vocês desculpem a maçada, mas eu sou uma gaja muito teimosa... a prova é que são quase 3 da manhã e estou aqui a escrever esta mensagem!
Depois de muito pesquisar encontrei a solução e a resposta :)
Estou a morrer de sono aqui, mas jurei que não me ia deitar antes de encontrar o problema. Arre mau feitio do caraças, mas consegui! A persistência é uma qualidade :)
Obrigada a todos que me tentaram ajudar, afinal o problema era do selo que parecia uma ave depenada... é sempre he he
Amanhã ajeito o blog direitinho como estava, com o fundo a combinar com os meus olhitos e tudo no devido sítio.
Boa noite!
tags:
publicado por Ameixinha às 02:37 | link do post | comentar | ver comentários (38) | partilhar

Socorro!

Alguma alma caridosa e entendida nesta matéria de blogs, me explique por favor, porque raio é que a lateral direita do meu blog se refugiou lá bem no fundo!
Eu sei que o bloco da direita já teve melhores dias e sou mais virada à esquerda, mas é que gostava de ver aqui à direita todas as informações acerca de mim e dos outros!
É que no Esquema aparece-me tudo direitinho e aqui não... Estou a ficar com os nervos em franja com esta cena malaika pahhhh :)
Recuso-me a postar mais alguma coisa enquanto esta cena não se resolver!
Estou de greve com o blogger... mais nada! Dei uma de reivindicativa e revolucionária!
Mais um bocadinho e começo aos tiros e bombas e socos nas trombas.
O meu mau feitio está em alta agora... bem lá em cima, ao contrário da minha ala direita que resolveu afundar-se!
Já não me bastava terem-me roubado as nails e levaram-me agora o resto! Não há direito... nem direita, neste caso ;)
tags:
publicado por Ameixinha às 00:02 | link do post | comentar | ver comentários (16) | partilhar
Segunda-feira, 09.02.09

Compota de abóbora na MFP e...



A foto não está grande espiga, mas esta compota ficou deliciosa. À falta de nozes, usei amêndoas palitadas. Deu 3 potes (aqueles de iogurteira) de compota. A minha mãe acabou com a compota em três tempos, gostou tanto que pediu para fazer mais. Mas acabou-se a abóbora cá em casa. Vou ter que comprar mais, desta vez da mais laranjinha para ficar mais bonitinha!
Foi a primeira vez que fiz compota na MFP mas não vai ser a última.

Há uns tempos andei à procura de receitas de doces ou compotas para fazer na MFP e encontrei esta neste blog fantástico!

Se forem ver a foto, a compota da Mary está bem mais escurinha porque a minha era amarela e não laranja! Mas o sabor é que interessa!


A receita é esta:

500g de abóbora bolina ralada (usei a que tinha e não seria bolina com certeza, foi uma abóbora à boleia!)
200g de nozes partidas (usei 100g de amêndoa palitada e achei demasiada amêndoa)
160g de açúcar amarelo
2 paus de canela
casca de 1 tangerina (usei de laranja)
1 chávena de café de água

Preparação:

Deitar todos os ingredientes na cuba da MFP e escolher o programa "Doces e Geleias". Fica feita sem precisarmos de estar em frente do fogão a mexer e remexer! Uma delícia :)

Recebi mais um selinho/prémio! Desta vez veio de uma nova amiga blogueira cujo blog é dedicado à arte! A Madalena ofereceu-me este selo para homenagear o meu blog e, tal como ela diz, é uma maneira de estreitar laços e amizades entre as pessoas. Desse modo eu vou oferecer este selo a todas as blogueiras que me visitam mas que não deixam comentário. Continuo a acreditar que as palavras, as boas palavras, aproximam mais as pessoas. Só a conversar, a comunicar é que nos entendemos. Há blogueiras que eu visito sempre e que comento, mas que nunca deixaram cá comentário. Acreditem que não levo a mal porque sei que é a falta de tempo e porque eu sou a primeira a dizer que não é obrigatório comentar. Por isso, saibam que merecem selos/prémios. Dedico-o também aos blogueiros que seguem este blog, que estão ali nas "sombras", mas que ainda não assinalaram a presença com um "Olá" :) A esses quero dar as boas vindas e prometo uma visita em breve!

Este selo lembra-me o símbolo de um clube que jogou hoje e que empatou... que vos parece? Está aqui uma daquelas mensagens subliminar, não? Mas olhem, a águia foi-se e ficaram só as penas he he Temos pena!

(Tive que retirar o selinho porque causou-me problemas no blog)

Quero aproveitar este post para dizer que nunca devemos desistir dos nossos sonhos! Se acreditarmos eles concretizam-se, mais tarde ou mais cedo. Neste caso foi bem mais cedo do que estava à espera! Olhem as coisas maravilhosas que eu recebi de presente!


Em alguns blogs que visito fala-se muito na cesta orgânica que se recebe semanalmente. Pois é, há duas semanas eu recebi a minha cesta de legumes e frutas orgânicas de uma "produtora" (não é de filmes he he ) local, com alimentos 100% naturais, biológicos. Uma "vizinha" muito querida que fez o grande favor de me deixar esta "cesta" com quivis, limões, oregãos, salva, loureiro, alecrim, um frasco de doce de abóbora com nozes (este é o verdadeiro, dá para ver na foto que é escurinho e já não há!) e ainda uma carteira feita por ela :)


Reparem no pormenor do penduricalho ali do lado direito he he É o meu Matias pendurado :) Tão fofinho! Acho que pela foto da carteira dá para perceber quem me enviou tudo isto com tanto carinho e que eu tanto agradeço!

Antes que perguntem, sim! Os coraçõezinhos amorosos são os puxadores do meu roupeiro. Toda a minha mobília de quarto inclui puxadores assim. Lindinhos não são? Foi uma tentativa que os meus pais fizeram para amenizar o meu mau feitio quando eu era pequenina he he Não resultou ;)


Boa semana a todos!

tags: ,
publicado por Ameixinha às 01:45 | link do post | comentar | ver comentários (51) | partilhar

mais sobre mim

a possuída moída

Sobrevivo numa selva de hipocrisia, burocracia e cegueira de quem não quer ver. Prefiro não me lembrar da crise de valores que vivemos, mesmo sendo quase impossível esquecer-me disso. Cozinho e como com prazer, mesmo que alguma culpa surja depois. Gosto de andar a pé sozinha, viajar de comboio com um livro na carteira, dizer "Bom dia" com convicção e a sorrir. Ajudar quem precisa é o que me permito fazer sem pensar duas vezes, embora haja muita gente mal-agradecida. Sou adepta da boa disposição, da humanidade e respeito nos serviços de saúde e educação, acredito na capacidade de generosidade e bondade das pessoas que me rodeiam. Entristece-me que, nem sempre, essas capacidades sejam canalizadas quando deveriam. Não gosto das vizinhas coscuvilheiras e de pessoas mal educadas, prepotentes e ocas. Os meus olhos transmitem tudo o resto de mim e são cor da canela. Amo a Fauna e a Flora. Adoro o Outono e as folhas que caem. Não vejo qualquer utilidade em peluches. E a única coisa que é afrodisíaca é o amor.

pesquisar neste blog

 

posts recentes

Posts mais comentados

aqui acontece

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

arquivos

tags

links

subscrever feeds

quantos por cá passaram...