Camarão à Moçambique



Numa onda de intercâmbio porque eu agora não quero outra coisa ;)

A mesma pessoa que ofereceu a carne de javali, na semana seguinte, apareceu aqui com uma caixa enorme de camarões de moçambique. Os bixos são enormes! Não pensem que a pessoa também cria camarões caseiros e depois oferece (era bom era!). Ela tinha umas caixas na arca congeladora que já estavam quase a terminar prazo e, como sabe que eu gosto de cozinhar, achou que eu faria um bom petisco com os bichinhos.

Eu adoro tudo que seja camarões e pus-me logo a procurar algumas receitas para ver qual me agradava mais. Encontrei algumas que envolviam fritura e eu queria assado ou grelhado. Acabei por levá-los ao forno após uma sessão de intensa batalha para cortar os bichos ao meio. Sim, porque nesta casa usam-se facas mas as ditas não cortam nada para que, quem as manuseia não corte os dedos (a história tem fundamento, comprei uma faca o ano passado e cortei os dedos todos). Mas passei o tempo todo a dizer palavrões com sotaque do norte e tudo... é que os bichos picam e se a faca não corta ainda é pior.

Depois da sessão de quase porrada, dispus os "pequenos" numa assadeira de barro e preparei a pasta com que os barrei.

Como não encontrei uma receita que me agradasse plenamente, juntei várias indicações e fiz assim:


1 kg de camarão de moçambique

6 dentes de alho (isto é a gosto)

2 malaguetas secas (pode ser piri-piri)

sal q.b. (usar só se a margarina não tiver sal)

margarina q.b. (usei sem sal)

2 colheres sopa de Whisky

Sumo de limão q.b.



Preparação:

Abrem-se os camarões ao meio e retira-se a tripa preta que têm no dorso.

Num almofariz junta-se os alhos, as malaguetas (sem sementes) e o whisky. Esmaga-se tudo e junta-se a margarina criando uma pasta homogénea. Com esta pasta barram-se os camarões que já estão abertos no tabuleiro e rega-se com o sumo de limão. Vai ao forno por cerca de 20 minutos (convém verificar) e serve-se com batata frita/arroz e salada.



Tem bom aspecto ou não? Ficam assim... como hei-de explicar?... deliciosos, maravilhosos, fantásticos!!!

Pudera! Depois de terem que me ouvir de faca na mão, não podia resultar noutra coisa ;)

tags:
publicado por Ameixinha às 00:30 | link do post | comentar | partilhar