no início era assim...

Não sou ligada a estas tecnologias. Prefiro a leitura solitária de folhas que entrelaçam os nossos dedos e iluminam os neurónios. Há muito tempo que tento criar um blog que me permita extravasar o pouco que eu tenho para dizer. À partida quando o crio é com o intuito de que alguém leia o que escrevo e partilhe pensamentos e sentimentos comigo... É a eterna associação entre as pessoas... Na comunicação a mensagem só passa se existir um emissor e um receptor.
Tenho um vício incrível de terminar as frases com reticências... Talvez porque acho que fica sempre tudo em aberto... Talvez porque eu quero que não exista um fim...
Sou mais uma licenciada que está desempregada há demasiado tempo e que procura outra saída... Algo que me permita sentir que sou útil e prestável, não só porque quero ser mas porque fiz por merecê-lo. Todos fizemos e agora partilhamos uma mesma condição. Queria ter a sorte dos que tudo conseguem sem mexer uma palha... E assim sou só canela moída pelo tempo que teima em passar sem deixar notícias de mim...
tags:
publicado por Ameixinha às 23:17 | link do post | comentar | partilhar