Fusilli com tomate e atum


É incrível como um país tão pequeno consegue ter tanto micro-clima! Ouvi dizer que ontem choveu bastante para o centro do país. Aqui não caiu um pingo de água e esteve um calor abrasador! Preciso de uma arca, de um frigorífico, de uma casa nova, de mudar de país até :)
Vou usar da chamada psicologia invertida e dizer aos tiozinhos que já não preciso da arca nem do frigorífico. Vou esquecer-me que vocês existem e, lembrem-se, que um dia podem ser vocês a precisar de mim. O mundo dá muitas voltas, sabem? Bem, depois falamos de negócios. Por mais que eu não queira, esta receita veio daqui.

Faça chuva ou sol, as massas são sempre uma escolha muito apreciada cá em casa e esta não foi excepção. Para um dia em que não apetece estar muito tempo de volta do fogão e não temos muitos ingredientes à disposição. São ingredientes que todos temos em casa, para situações de urgência. Quem não tem latas de atum na despensa? :)

Ingredientes:
250 g de massa (fusilli)
óleo (usei azeite)
sal
1 cebola
50 g de margarina
1 lata pequena de tomate em cubinhos
1 lata pequena de ervilhas (substituí por 1 courgette pequena e meio pimento vermelho)
orégãos
3 latas pequenas de atum em conserva (ou 1 grande)
queijo parmesão ralado (usei mozzarella)

Preparação:
Coza a massa em água temperada com um fio de óleo e sal. Descasque e pique a cebola e leve a refogar com a margarina até começar a alourar. Junte o tomate e deixe cozinhar sobre lume brando durante cerca de 10 minutos. Junte as ervilhas escorridas (ou a courgette e pimento) e o atum também escorrido. Tempere com uma pitada de oregãos, misture e deixe apurar durante 5 minutos. Adicione a massa escorrida, mexa e deite no prato de serviço. Polvilhe com queijo parmesão ralado e sirva imediatamente.
Polvilhei com mozzarella e levei a gratinar no microondas.

A Smsn atribuiu-me este selinho. Agradeço-lhe muito apesar de não ter acertado na adivinha he he


Aproveito também para anunciar que umas quantas mouras decidiram vir à conquista do Minho e vão chegar à Inbicta ainda em Junho! Caso alguém se queira juntar à batalha e fazer frente às alfacinhas, alguém que tenha tomates (desculpem, mas isto vem na sequência do selo acima indicado! Não aguentei he he) e queira participar neste acontecimento que, quem sabe, irá ficar para a história, faz favor de comunicar comigo ou com a Cenourita (mais uma a juntar-se às alfaces e tomates, só faltava ela!) para acertar pormenores. Peço mais uma vez que não se revele a hora e local do encontro para que não apareçam visitas indesejadas... tais como caracóis, morcões, lesmas e afins (para quem não entendeu, são aqueles bichinhos que vêm agarrados às alfaces). Tudo que entra no Norte tem que ser bem inspeccionado senão não passa na alfândega, ok? ;)

Hoje vou estar ausente, respondo aos comentários e mails quando voltar! Obrigadinha :)
publicado por Ameixinha às 07:00 | link do post | comentar | partilhar